Diretor executivo do Palmeiras confirma que negócio por paraguaio Jorge Moreira esfriou

O técnico Gilson Kleina tem dificuldades para escalar a lateral direita do Palmeiras neste início de temporada, mas a diretoria não demonstra pressa em reforçar o setor. O diretor executivo do clube, José Carlos Brunoro, reconheceu que não houve acordo com o Libertad pelo paraguaio Jorge Moreira.

Deixe seu comentário para esta notícia

"Nós estivemos negociando forte com o Moreira. É difícil falar que não vem mais, porque não tem nada irreversível no mundo, mas, neste momento, estamos um pouco distantes", reconheceu.

Kleina admite alívio, mas aponta para erros do time na estreia

Mesmo assim, Brunoro ainda quer ver em campo se o time realmente precisa de outro lateral direito e explica que não há negociação em andamento para o setor. "Por enquanto, não. Sempre tivemos várias opções e agora é hora de aguardar com calma, para ver quem agrada ao técnico e quem joga".

A posição se transformou em um problema para o Palmeiras por conta do impasse envolvendo Luis Felipe, formando nas categorias de base e com contrato apenas até março. No ano passado, o clube esteve perto de renovar com o jogador, mas cometeu um erro no contrato. Como o atleta não aceitou corrigir o documento para aumentar o vínculo no Palestra Itália, um impasse foi criado, com o garoto sendo afastado do grupo.

Sem o titular, Kleina tem outro prata da casa no elenco, Bruno Oliveira, mas o jogador está lesionado e não pôde ficar à disposição para a abertura do Paulistão. Assim, o treinador decidiu improvisar o meia-atacante Serginho, deixando na reserva o volante improvisado Wendel.

O técnico, que durante a semana reiterou a necessidade de receber um lateral direito, elogiou o desempenho do escolhido no jogo contra o Linense, mas tem dúvidas sobre a opção para a próxima rodada.

"Ninguém conseguiu passar pelo Serginho, que começou a jogada do primeiro gol. Nós o deixamos na frente, para não perder a característica, e a ideia de usá-lo era ter alguém no ataque. Agora, vamos jogar fora e podemos ter a precaução do Wendel", ponderou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.