Tamanho do texto

Dirigentes aceitaram emprestar jovem por um ano e meio, com preço fixado de compra em cinco milhões de euros

O Flamengo se despediu oficialmente de Adryan nesta sexta-feira. De promessa a dúvida na Gávea, o meia-atacante esteve no Aeroporto Internacional Tom Jobim para embarcar rumo à Itália, onde defenderá as cores do Cagliari. O garoto de 19 anos ficará na Europa por empréstimo até meados de 2015.

Desde o final do ano passado, o empresário do jogador já dava como certa uma negociação com o futebol italiano. A diretoria do Flamengo tentou mantê-lo no elenco, mas as conversas com o Cagliari já estavam avançadas e os dirigentes aceitaram emprestar o jovem por um ano e meio, com preço fixado de compra em cinco milhões de euros (R$ 16,25 milhões) até agosto de 2014.

Adryan foi promovido ao time profissional do Flamengo em 2012 e viveu bons momentos sob o comando de Joel Santana e Dorival Júnior. Na temporada passada, fracassou com a Seleção Brasileira sub 20 no Sul-Americano da categoria e não conseguiu repetir o desempenho do ano anterior com Jorginho ou Mano Menezes.

No jogo que causou a demissão de Mano, inclusive, Adryan errou passe infantil no meio de campo e permitiu que o Atlético-PR fechasse a goleada por 4 a 2 no Maracanã. Sem espaço também com Jayme de Almeida, o garoto decidiu buscar a sorte no Cagliari e se despediu dos familiares, incluindo a mulher e a filha, na tarde desta sexta.