Tamanho do texto

Diretor de futebol do clube não escondeu o interesse pelo atacante de 19 anos que está afastado no Santos

Neílton em treino do Santos
Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação Santos FC
Neílton em treino do Santos

Diretor de futebol do Corinthians , Roberto de Andrade mostrou disposição para conversar com Neilton. O atacante de 19 anos tem contrato com o Santos até maio e, sem um acordo para a renovação, avalia o interesse de outros clubes - o Botafogo é um deles .

Comente esta notícia com outros torcedores

"Não fomos procurados por ninguém do Santos, muito menos pelos empresários do jogador. Mas é um garoto com um potencial incrível. Se formos procurados, vamos conversar, sem problema nenhum. Por enquanto, isso não aconteceu", afirmou o dirigente.

Jogadores do Corinthians fogem de tempestade de granizo no CT

Outras conversas estão bem mais adiantadas. Roberto confirmou que deverão ser finalizadas nos próximos dias as negociações pelo lateral direito Fagner, a ser emprestado pelo Wolfsburg, e o volante Bruno Henrique, com contrato vencido na Portuguesa.

Mercado da bola: o vaivém de atletas e as negociações que envolvem seu clube

"A gente vem conversando com o Fagner e o Bruno Henrique. Não está acertado, mas acredito que até a próxima semana vá estar concluindo. Por enquanto, os reforços são os que estamos apresentando agora. Na semana que vem, se der certo, a gente vai apresentar os outros jogadores", disse o diretor.

Na noite de sexta-feira, vestiram oficialmente a camisa o zagueiro Wanderson e o lateral-esquerdo Uendel. É possível ainda que o meia-atacante Maicosuel chegue como parte do negócio que provavelmente colocará o lateral direito Edenílson na Udinese. Provavelmente, nada além disso.

"Entendemos que nosso elenco é bem qualificado. Já provou isso, foi vencedor de alguns títulos. Tem algumas carências, e é acertar essas carências o que estamos fazendo", comentou Roberto de Andrade, admitindo que a situação financeira não é das mais confortáveis. "O dinheiro está curto para todos."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.