Na Vila Belmiro, atual campeão da Copa São Paulo de Juniores venceu por 2 a 0

Diego Cardoso passa pelo marcador na Vila Belmiro
Guilherme Dionízio/Gazeta Press
Diego Cardoso passa pelo marcador na Vila Belmiro

Em partida disputada nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, válida pela segunda rodada do Grupo V da Copa São Paulo de Juniores, o Santos venceu o Capital por 2 a 0 - gols de Fernando Medeiros e Diego Cardoso. Com o resultado, manteve a liderança do grupo e irá para a última rodada dependendo de um empate para conquistar a vaga na segunda fase.

Comente esta notícia com outros torcedores

O atacante Neilon, que tem futuro incerto na Vila Belmiro, não foi sequer relacionado para o jogo. "Foi determinação da diretoria, já que ele está definindo a situação do time. Fica fora até definir", explicou o técnico Pepinho Macia antes do apito inicial.

O Santos volta a campo no próximo sábado, às 10 horas (de Brasília). O adversário será o vice-líder Criciúma, que nesta quarta venceu o Alecrim-RN por 3 a 1 e chegou também aos seis pontos.

O jogo

Contando com o apoio da torcida, que compareceu em bom número à Vila Belmiro, o Santos tentou pressionar o Capital, mas encontrou algumas dificuldades diante da organização do adversário, e só conseguiu abrir o placar na bola parada. Aos 13 minutos de jogo, Fernando Medeiros cobrou falta da ponta esquerda com perfeição, sem chances de defesa para o goleiro Hudson.

Vitória massacra Imagine-TO e aplica goleada histórica de 12 a 0 na Copinha

O Santos ainda perdeu duas boas chances de ampliar o marcador. Aos 36, Lucas Otávio tabelou com Stéfano Yuri e chutou colocado, buscando o ângulo esquerdo de Hudson, mas viu a bola sair, passando perto da trave. Três minutos mais tarde, o substituto de Neilton, Jorge Eduardo, cruzou para Diego Cardoso, que acertou o travessão após finalizar de primeira.

Aos 11 da segunda etapa, o Santos ampliou o placar. Jorge Eduardo avançou pela direita e cruzou para Diego Cardoso, que, na segunda trave, completou para as redes.

O Capital teve a chance de diminuir aos 22. Gilson fez boa jogada, livrou-se da marcação e cruzou para a área. Matheus, dentro da pequena área, finalizou por cima do gol.

Aos 38, Stéfano Yuri quase marcou o terceiro santista. Após cruzamento de Lucas Otávio, o centroavante acertou a trave do goleiro Hudson.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.