Para ter estádios liberados antes da primeira rodada do Paulistão, times precisam atender aos pedidos da FPF

Nada menos que 11 estádios de equipes que disputam a Série A1 do Campeonato Paulista foram interditados após laudo da Federação Paulista de Futebol, que avaliou todos os palcos do torneio estadual da próxima temporada.

Mercado da bola: veja o entra e sai de atletas e os boatos do seu clube

Estão temporariamente interditados o Moisés Lucarelli, da Ponte Preta, o Nabi Abi Chedid, do Bragantino, o Novelli Júnior, do Ituano, o Jaime Cintra, do Paulista, o Gilbertão, do Linense, o Romildão, do Mogi Mirim, o Barão de Serra Negra, do XV de Piracicaba, o Santa Cruz, do Botafogo-SP, o 1º de Maio, do São Bernardo, o Palma Travassos, do Comercial-SP e o Schmidtão, do Rio Claro.

O Moisés Lucarelli, da Ponte Preta, é um dos estádios vetados no Paulistão
Gazeta Press
O Moisés Lucarelli, da Ponte Preta, é um dos estádios vetados no Paulistão

As equipes ainda podem atender aos pedidos da Federação e ter seus estádios liberados antes de suas estreias. O Campeonato Paulista começa no dia 18 de janeiro, com Palmeiras x Linense, Paulista x Audax e Ponte Preta x Ituano. Dois dos confrontos são em campos interditados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.