Zagueiro Luiz Otávio e lateral-direito Neílson já trabalharam com técnico Sidney Moraes no Icasa

A Ponte Preta não conta mais com o zagueiro Ferron, que acertou sua ida ao Sport. Para substituí-lo, a diretoria negocia com o jovem zagueiro Luiz Otávio. Além dele, o lateral-direito Neílson também interessa ao clube de Campinas. Os dois jogadores trabalharam com o técnico Sidney Moraes durante a Série B do Campeonato Brasileiro pelo Icasa.

A equipe propôs uma redução salarial para renovar o contrado de Ferron, mas o atleta não aceitou e, após 148 partidas disputadas, deixou o clube com destino ao Recife.

Sem perder tempo, a diretoria demonstra interesse em contratar o zagueiro Luiz Otávio, de apenas 24 anos, para a vaga na defesa. Tendo atuado em clubes pequenos do Rio de Janeiro, o defensor ganhou destaque na temporada deste ano, onde ajudou Icasa a terminar em quinto lugar na segunda divisão.

Também vinculado ao Icasa até 31 de dezembro, o lateral-direito Neílson deve seguir rumo ao Estádio Moisés Lucarelli. No entanto, o Internacional também teria vontade em contratar o jogador. Com 25 anos, já passou por dez clubes. Além do time de Juazeiro do Norte, atuou pelo Boa Esporte.

Desmanche

Ferron é o 12º atleta a deixar a Ponte Preta. Antes dele, saíram Edson Bastos, Wescley, Betão, Artur, Régis, Baraka, Felipe Bastos, Elias, Chiquinho, Adaílton e William. Em contrapartida, chegaram apenas três novos contratados: o zagueiro Ricardo Silva, o volante Dodó e o meia Tchô.

O goleiro Reynaldo, o lateral-esquerdo Rodrigo Biro, o zagueiro William Stefano, o volante Bruno Silva e os atacantes Everton Santos, Rossi e Alemão retornaram de empréstimo e deverão ser integrados ao elenco principal.

Vindos da base, Maurício, Matheus Olavo, Luizinho, Jeferson e Ademir também reforçarão o time na próxima temporada.

A Ponte Preta estreia no Campeonato Paulista diante do Ituano, dia 18 de janeiro, às 17h (de Brasília), no Moisés Lucarelli. Os campineiros integram o Grupo C, junto com Paulista, Portuguesa, Santos e São Bernardo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.