"Ultras Sur" tem disputa interna de poder e para evitar violência nos jogos, clube cortou privilégios nos jogos

Divulgação/COI
"Ultras Sur" não terá lugar cativo no Bernabeu

Nesta quinta-feira, o Real Madrid divulgou nota em seu site oficial noticiando que a torcida organizada Ultras Sur, que tradicionalmente fica atrás de um dos gols do Santiago Bernabéu, perdeu lugar no estádio e estão proibidos de ocupar o lugar.

Deixe seu comentário para a notícia

O clube merengue teria decidido afastar os "ultras" de seu estádio devido à disputa de poder que se iniciou na organização após um racha entre seus líderes. A possibilidade de violência fez com que o Real retirasse o lugar cativo da facção e direcionasse os ingressos para outros torcedores.

Veja a classificação, tabela de jogos, notícias e artilharia do Campeonato Espanhol

No comunicado divulgado, o clube merengue pede para que os torcedores interessados em ter lugar cativo no Bernabéu façam a solicitação de ingressos para o setor até o dia 15 de janeiro.

Segundo informações do jornal espanhol Marca , as cadeiras serão destinadas a torcedores de 16 a 35 anos e os selecionados que faltarem a três partidas seguidas ou a cinco alternadas poderão perder o lugar conquistado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.