Tamanho do texto

Meia disse que não deseja sair e que só será negociado caso o clube alemão queira, e sem o seu consentimento

Diego está a caminho do Brasil, mas só para passar férias. Cobiçado pelo Santos, o jogador embarcou para o País avisando que não deseja sair do Wolfsburg, time pelo qual marcou gol nesse domingo, e que só será negociado caso o clube alemão queira, e sem o seu consentimento.

Mercado da bola: veja o entra e sai de atleta e os boatos que envolvem seu clube

"Estou 100% focado no Wolfsburg. Estarei de volta em janeiro", declarou o meia, cujo retorno já era apontado como complicado pelos dirigentes santistas. Ele foi revelado e campeão brasileiro em 2002 antes de ser negociado com o Porto dois anos depois.

O armador, no entanto, não descarta sua saída. "Espero o clube decidir em que direção quer ir. Tento mostrar que estou realmente feliz aqui e que realmente queria seguir ajudando o time. Mas está nas mãos do clube a decisão, realmente. Só então teremos o que falar", afirmou.

A caminho da folga nas festas de fim de ano antes da retomada do Campeonato Alemão, no qual o Wolfsburg ocupa a quinta posição, Diego se mostrou animado com o momento no clube. O Santos, realmente, parece ter sido colocado de lado agora pelo atleta.

"Estou com uma ótima sensação, estamos fazendo um grande trabalho. Agora é hora de sentar e relaxar um pouco para voltar com nossas baterias totalmente recarregadas, e seguir com nossa boa sequência no ano que vem", declarou, aparentemente, sem pensar no Santos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.