Tamanho do texto

Brasileiro marcou o segundo gol contra o Raja Casablanca e ajudou o Bayern a vencer o Mundial de Clubes

Autor de um dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o Raja Casablanca, que garantiu o título do Mundial de Clubes ao Bayern de Munique , o meia-atacante hispano-brasileiro Thiago Alcântara comemorou bastante a conquista. Segundo ele, a festa comprovou a importância que o clube alemão deu ao torneio disputado no Marrocos.

"Jogar esse campeonato é mais difícil do que ser titular do Bayern. Os campeões de todos os continentes estavam aqui. Os alemães valorizam, sim", avisou Thiago Alcântara, em discurso alinhado com o de seus companheiros, em entrevista ao SporTV .

Cria do Barcelona, Thiago Alcântara reencontrou no Bayern de Munique o técnico Josep Guardiola. Mas quer deixar de lado o que ambos já vivenciaram juntos. "Temos que esquecer a filosofia do Barcelona porque o futebol alemão é diferente", disse, satisfeito com a mudança de estilo. "Estamos jogando muito bem, com um novo treinador. Só não chegamos ao limite. Ainda daremos várias alegrias à torcida."

Thiago Alcântara é filho de Mazinho, tetracampeão mundial pela Seleção Brasileira, porém escolheu a seleção espanhola para defender. O jogador pretende vir ao Brasil em 2014 para conquistar outro Mundial, desta vez na disputa entre países.

"A gente briga todos os dias para conquistar uma vaga na seleção. Só que esse é um objetivo para o final da temporada. Agora, quero estar bem na Bundesliga e na Champions ", priorizou Thiago.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.