Presidente está mais tranquilo com a permanência do comandante, que inclusive já entregou a lista de reforços

Contas de Roberto Dinamite foram reprovadas
Reprodução
Contas de Roberto Dinamite foram reprovadas

Com contrato renovado, Adilson Batista deixou o presidente Roberto Dinamite e o gerente de futebol Ricardo Gomes aliviados. A dupla espera que, com a definição do comandante para 2014, a organização do elenco se torne ainda mais rápida. Na próxima temporada o time, além do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil, vai disputar o acesso à Série A do Brasileirão.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Sem ainda ter a certeza de que Adilson Batista permaneceria no clube, mesmo com uma conversa preliminar indicado o sucesso da transação, os dirigentes se mostravam cautelosos em ir ao mercado procurar jogadores. Agora, a situação muda e, no mesmo momento que assinou o novo vínculo com o clube, o treinador entregou a Ricardo Gomes uma lista com as posições consideradas carentes e com os jogadores que devem permanecer e aqueles que são considerados dispensáveis.

A ideia é que o Campeonato Carioca sirva de laboratório para a formação do elenco que vai disputar a Copa do Brasil em suas fases mais decisivas e a Série B do Campeonato Brasileiro. Assim, ao longo desses torneios o clube vai observando, inclusive, possíveis reforços que estejam se destacando em outros estaduais.

Outra determinação da diretoria e que conta com o apoio de Adilson, é a necessidade de se valorizar ainda mais os atletas revelados nas categorias de base, ainda mais que o clube ganhou alguns títulos importantes em 2013. A ideia é utilizar esses garotos ao longo do Estadual para que eles adquiram experiência e estejam prontos para ajudar na segunda divisão.

Sobre os reforços, a prioridade continua sendo a contratação de um goleiro, já que o setor foi o mais preocupante em 2013 e apontado como um dos principais responsáveis pelo rebaixamento. Dida, que não vai ficar no Grêmio, continua sendo o preferido e deverá ser procurado de uma maneira mais incisiva nos próximos dias.

O elenco deve ser fechado até o dia 6 de janeiro, quando começa a pré-temporada. Porém, o plantel será mesmo aprimorado ao longo do Estadual. Como aconteceu no ano passado, o Vasco decidiu se preparar na cidade de Pinheiral, sul do Rio de Janeiro. Os treinamentos vão acontecer no CT João Havelange e a data da viagem do elenco ainda não foi marcada. A estreia no Campeonato Carioca será contra o Boavista, em São Januário.

Contras reprovadas

Pelo quarto ano consecutivo, o conselho fiscal do Vasco reprovou as contas da gestão de Roberto Dinamite. Um documento foi encaminhado ao Conselho Deliberativo, que vai se reunir antes do fim do ano, sugerindo que as contas também não sejam aprovadas por esse órgão. As pendências são relativas ao ano de 2012. Em 2009, 2010 e 2011 o fato se repetiu e a aprovação veio com ressalvas e vários ajustes.

Os motivos alegados pelo conselho para não aprovar as contas de 2012 são variados. Dentre eles estão a falta de documentos, contas que teriam sido feitas de maneira equivocada e a ausência de contratos importantes. A situação caracteriza mais uma derrota interna do presidente do Vasco, que se encontra isolado e perdendo força política a cada dia.

    Leia tudo sobre: FUTEBOL
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.