Em 2011, treinador ajudou time a se livrar do rebaixamento no Brasileirão. Hoje, disputa o Mundial de Clubes

Cuca comanda treino do Atlético-MG no Marrocos
Ahmed Belmekki/AP
Cuca comanda treino do Atlético-MG no Marrocos

O técnico Cuca viveu dois momentos distintos em pouco mais de dois anos de Atlético-MG . Em 2011, ajudou o clube a escapar do rebaixamento no Brasileirão. Em 2013, comandou a conquista da Libertadores. No Mundial de Clubes, tem a oportunidade de dar um salto ainda maior e levar os mineiros ao maior título da história.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Para nós, é uma honra enorme estar aqui. Há dois anos e meio, tínhamos uma situação complicada. Hoje estamos a duas partidas de sermos campeões do mundo. É impossível chegar aqui e não dar a vida. Dentro de nossas condições, vamos fazer o máximo para vencer", declarou.

Cuca garante que o Atlético-MG chega bem preparado para o Mundial e afirma que 100% da equipe tem foco na conquista do título. "A vontade de todo mundo é ser campeão. Não tem um que não tenha 100% de vontade. Temos que transferir para dentro de campo, transformar isso em qualidade, motivação. Jogar como jogamos as últimas partidas do Brasileiro. Acabamos o campeonato bem, com todos os jogadores inteiros. A gente chega em um momento bom", disse.

A confiança de Cuca é grande e o treinador acredita que Ronaldinho dará a resposta em campo para os jogadores do Raja Casablanca, que afirmaram que o meia já não á mais o mesmo. "Ele vai jogar. E o Mabide (jogador que fez a provocação) vai saber quem é o Ronaldo. Ele vai ver o Ronaldo que nós brasileiros sabemos que ele é", afirmou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.