Equipes apenas empataram em 0 a 0 neste domingo, no Campeonato Espanhol

O torcedor do Almería já começa a se desesperar com a situação do clube no Campeonato Espanhol. Neste domingo, o clube recebeu o Espanyol no estádio Mediterrâneo para confronto da 16ª rodada da competição nacional e não saiu de empate sem gols. O jogo ficou marcado por um pênalti que a arbitragem mandou ser repetido e os donos da casa erraram a segunda cobrança.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

A polêmica teve início aos 19 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Suso subiu para completar cobrança de escanteio e foi atropelado pelo meia romeno Gabriel Torje. O árbitro Del Cerro Grande não hesitou e assinalou a penalidade máxima para os mandantes. O volante Verza chamou a responsabilidade e balançou as redes.

Confira a tabela de classificação do Campeonato Espanhol

Enquanto a torcida comemorava o gol nas arquibancadas, Del Cerro gesticulou apontando invasão de área por parte do Almería e invalidou o tento. Os jogadores e, principalmente, o técnico Francisco Rodríguez ficaram indignados com a anulação, mas não convenceram o árbitro a voltar atrás. Para piorar, Verza pegou mal na bola e Francisco Casilla salvou os catalães.

Rodríguez passou a xingar o juiz e foi expulso, passando o comando da equipe a seus auxiliares. Os visitantes tiraram proveito do adversário desestabilizado e partiram para o ataque no segundo tempo. Já nos acréscimos, Alex Fernández cruzou e o francês Thievy perdeu chance claríssima frente a frente com o goleiro Esteban Suárez.

Com o resultado, o Almería chega aos 13 pontos, mas permanece na zona de rebaixamento e ainda pode terminar a rodada na vice-lanterna caso o Valladolid derrote o Celta de Vigo na segunda-feira. Já o Espanyol vai aos 19 pontos e segue brigando apenas pelas posições intermediárias na tabela.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.