Alexi Portela afirma que clube não vai 'entrar em leilão, nem fazer loucuras' para manter os dois atletas, que despertam interesse de outras equipes

Maxi Biancucchi, atacante do Vitória
Paulo Fonseca/Futura Press
Maxi Biancucchi, atacante do Vitória

A boa campanha do Vitória no Campeonato Brasileiro deste ano, em que a equipe baiana terminou na quinta colocação, teve como destaques os argentinos Maxi Biancucchi e Damián Escudero. Diante do interesse de outros times, a permanência deles no clube em 2014, no entanto, é incerta. O presidente do Vitória, Alexi Portela, mandou um recado a ambos.

"Nós não vamos entrar em leilão, nem fazer loucuras. Falam muita coisa, mas para a gente não chegou nada. O Vitória já se posicionou e está aguardando as respostas deles", declarou Portela em entrevista ao jornal Correio .

Portela garante que a diretoria já trabalha com alternativas para o caso de Biancucchi e Escudero não continuarem no Vitória em 2014.

"Eles que respondam logo, porque se a gente fechar com outros gringos e não estivermos fechados com eles, paciência. O Vitória não vai ficar preso, submisso a ninguém. Não importa quem seja o jogador", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.