Roberto de Andrade disse que atacante foi contrato em uma "oportunidade do mercado" e não dará palpite a Mano Menezes se deve escalá-lo ou não

Pato não foi erro no planejamento, diz diretor
Denny Cesare/Futura Press
Pato não foi erro no planejamento, diz diretor

Ao menos publicamente, Alexandre Pato continua respaldado pelos dirigentes do Corinthians . O diretor de futebol Roberto de Andrade é um dos que ainda defendem o reforço mais caro da história do futebol brasileiro - apesar de torcedores terem passado a cobrar a saída do atacante desde o pênalti perdido que eliminou o time da Copa do Brasil.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"Não estamos nem um pouco arrependidos de ter feito esse negócio", bradou Roberto de Andrade, que concedeu entrevista nesta semana para falar sobre o planejamento do Corinthians para a próxima temporada. Pato está incluído no projeto - ainda mais porque ninguém se dispôs a gastar muito para tirá-lo do Parque São Jorge.

Leia mais:  Diretor do Corinthians nega erro de planejamento no segundo semestre

Uma das dificuldades para o Corinthians se reforçar para 2014 é financeira. O mercado está inflacionado, talvez de forma exagerada, porque o clube aceitou pagar R$ 40 milhões para tirar Pato do Milan e contar com um astro na temporada anterior.

"Não acredito que seja isso. O pessoal não está exigindo mais porque se trata do Corinthians. Existem salários e luvas quando não há direitos econômicos. Quando compramos o Pato, foi uma oportunidade de mercado", argumentou o diretor de futebol.O principal incumbido de fazer torcedores se arrependerem de críticas a Alexandre Pato será Mano Menezes. Em seu retorno ao Corinthians, o técnico terá também a missão de resgatar o bom futebol do astro.

"Por enquanto, não conversamos sobre isso. O Mano assumirá o time no dia 3. Será da competência dele dizer se o Pato deve jogar aqui ou ali. Não sou eu que vou falar que ele precisa jogar porque custou tantos milhões", garantiu Roberto de Andrade.

Pato está na retrospectiva do iG das decepções do futebol brasileiro em 2013. Veja a lista dos 10 mais na galeria:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.