Votação será aberta aos torcedores para saber se manterão a nova arena no mesmo local ou em novo endereço

Reuters

O Barcelona vai consultar os torcedores para decidir se o clube deve reconstruir o estádio Camp Nou no mesmo local ou se mudar para um novo endereço, disse o vice-presidente do clube, Javier Faus. Faus disse na terça-feira que uma reunião de diretoria está marcada para 20 de janeiro para discutir as duas propostas, ambas com previsão de aumentar a capacidade atual de 98 mil para 105 mil, e então submetê-las à votação dos torcedores.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Nós descartamos fazer pequenas modificações já que isso seria mais complexo e pior para os torcedores, que perderiam 12 mil assentos", disse Faus, vice-presidente econômico do clube. "O custo para reconstruir seria de 300 milhões de euros (413,14 milhões de dólares) ou de 600 milhões para um novo estádio, mas isso seria ainda mais caro com um novo pavilhão de esportes", acrescentou.

E mais: Barcelona pode reformar Camp Nou e até construir novo estádio

"Nós não vamos tomar uma decisão, isso vai ser delegado aos fãs. O clube pode gerar entre 100 e 120 milhões de euros anualmente, e metade disso pode ser gasto em projetos esportivos e o restante na preparações dos arredores."

Faus disse que qualquer proposta pode levar o clube a arrecadar de 30 a 35 milhões a mais por ano. A diretoria também considera conceder aos sócios a chance de votar se o direito de dar nome ao estádio deve ser concedido a patrocinadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.