Tamanho do texto

Já rebaixada, equipe de Campinas viaja ao Rio Grande do Sul para encarar o Internacional pela última rodada do Brasileirão

Jorginho, técnico da Ponte Preta
SERGIO BARZAGHI / Gazeta Press
Jorginho, técnico da Ponte Preta

A Ponte Preta apenas cumpre tabela na última rodada do Campeonato Brasileiro . Já rebaixada, mede forças com o Internacional no estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS). Para o embate em solo gaúcho, a equipe será formada por reservas, incluindo jovens da categoria de base. Nem mesmo o técnico Jorginho viaja para o sul do país, deixando o comando a cargo dos auxiliares Zé Sérgio e Aílton.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Mostrando a extrema prioridade com a final da Copa Sul-americana, a Ponte Preta não relacionou quatro jogadores que compõem o banco da equipe: o volante Magal, o meia Chiquinho e os atacantes Adaílton e William. Além do mais, o lateral-esquerdo Uendel, mesmo suspenso da partida de volta, diante do Lanús-ARG, no estádio La Fortaleza, não integra o elenco ponte-pretano em Caxias do Sul. Dos atletas que viajaram para solo gaúcho, apenas três seguirão para a Argentina: o lateral-direito Régis e os zagueiros Betão e Ferrón.

As novidades entre os onze titulares que enfrentarão o Colorado são três atletas da base ponte-pretana: o lateral-esquerdo Maurício, o meia Matheus Olavo e o atacante Ademir. De acordo com os treinamentos, a escalação da Macaca será a seguinte: Daniel; Régis, Betão, Rafael Silva e Maurício; Alef, Ferrugem, Adrianinho, Matheus Olavo e Giovanni; Ademir.

A delegação não participará da concentração e seguirá para Caxias do Sul na manhã do domingo. Seu adversário, o Internacional, é o 14º colocado, com 47 pontos, e possui remotas chances de rebaixamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.