Em parceria com a Ambev, clube inicia obras do centro de treinamento, que agora terá alojamento para os atletas. A previsão de entrega é junho de 2014

Projeto de modernização da Academia de Futebol, do Palmeiras
Divulgação
Projeto de modernização da Academia de Futebol, do Palmeiras

O Palmeiras deu início nesta semana às obras de modernização da Academia de Futebol. A principal novidade estrutural será a construção de um prédio no lugar do ginásio poliesportivo, onde serão erguidos mais de 30 quartos, para que jogadores profissionais e, eventualmente, atletas da base e de outros esportes possam se concentrar. O novo espaço contará com auditório para preleções, sala de jogos e minicinema.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Além disso, a Academia também terá novos departamentos médico e de fisiologia, que serão equipados com instrumentos de última geração. O projeto também prevê a construção de uma nova piscina para trabalhos regenerativos e de um refeitório.

"Como o presidente Paulo Nobre sempre fala, o Palmeiras é o campeão do século 20, mas ainda não entrou no século 21. Agora, tanto dentro de campo quanto fora, o clube vai entrar. A construção deste complexo, que terá 80% das obras bancados pela Ambev, é mais um passo neste sentido. O Palmeiras terá uma estrutura igual ou melhor em relação aos maiores clubes do mundo", disse o diretor executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro.

A previsão é de que a primeira parte das obras - que inclui a modernização da parte médica, a piscina e o refeitório - seja entregue em junho de 2014. A inauguração completa do novo complexo, incluindo o prédio onde ficará a concentração, está prevista para o início de 2015.

As obras de modernização da Academia de Futebol serão feitas em parceria com o Fundo Brahmeiro, resultante de um acordo firmado em maio de 2012 entre os principais clubes do país e a Ambev.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.