Após revés no jogo de ida, empate em 1 a 1 em Mogi Mirim colocou a Ponte Preta na final da Copa Sul-Americana

O São Paulo esgotou todas as possibilidades de apagar o melancólico ano de 2013 nesta quarta-feira. Depois de ser derrotado em casa por 3 a 1, não saiu de empate em 1 a 1 com a Ponte Preta em Mogi Mirim. E assim como no Morumbi, a defesa do título da Copa Sul-Americana foi comprometida pelos vacilos do sistema defensivo.

No primeiro confronto, Antônio Carlos marcou contra, Leonardo aproveitou rebote sem marcação após milagre de Rogério Ceni e Uendel invadiu a área com total liberdade para fazer o terceiro. No Romildão, Uendel mais uma vez não foi incomodado pelos beques tricolores, Rodrigo Caio afastou mal, atrapalhou Ceni na sequência e Leonardo, de novo sozinho, balançou as redes.

"O Rogério veio falar para mim que estava atrás e na bola para fazer a defesa. Fui tentar tirar no primeiro lance, mas estava de costas e não consegui. Depois tentei de novo, mas infelizmente a bola caiu no pé deles e saiu o gol", admitiu o jovem zagueiro, ainda no intervalo da partida.

Salvador no Brasileirão, Muricy volta a decepcionar em mata-mata

A defesa seguiu confusa no segundo tempo e foi ameaça em cabeçada perigosa de Adaílton após cruzamento de Magal. Já nos minutos finais, Reinaldo arriscou, Cesar não cortou e Luis Fabiano apareceu com oportunismo para empatar o jogo diante do clube que o revelou. A igualdade não evitou a eliminação tricolor e o camisa 9 se recusou a falar com a imprensa.

Um a um, cada jogador do elenco comandado por Muricy Ramalho desceu para os vestiários em silêncio fúnebre. Apenas Aloísio resolveu tentar explicar a queda. O atacante, um dos responsáveis pela reação na temporada que afastou qualquer possibilidade de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, afirmou que o São Paulo perdeu a vaga ainda no Morumbi.

"Parabéns para a equipe da Ponte Preta, que soube jogar fora de casa e conquistou a classificação ainda lá. A gente lutou. Quando precisamos, demos a volta por cima no Brasileirão. Infelizmente na Sul-americana a gente não conseguiu disputar o título novamente. Agora vamos ver o que que a diretoria vai querer para o ano que vem", lamentou.


* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.