Ex-treinador da seleção brasileira e do Internacional estaria negociando com a Federação Húngara de Futebol

Dunga, ex-técnico do Internacional
Press Digital/Divulgação
Dunga, ex-técnico do Internacional

Ex-treinador da seleção brasileira, Dunga pode estar perto de acrescentar mais um importante capítulo à carreira à frente dos bancos de reservas. Recentemente demitido pelo Internacional de Porto Alegre, ele está negociando com a Federação Húngara de Futebol para ser o novo técnico da seleção do país. As informações são de um dos principais jornais da nação europeia, o Népszabadság .

Comente esta notícia com outros torcedores

De acordo com a publicação, as negociações entre federação e Dunga estão em sua "primeira fase" e, por isto, não se sabe quais são os valores e o tempo estipulado pelo contrato. Ambos já haviam iniciado uma conversa quando o treinador ainda estava no Internacional, mas, na ocasião, o gaúcho preferiu permanecer no futebol brasileiro.

Algo que pode mudar agora. Dunga foi demitido do Inter há cerca de um mês, está desempregado e já revelou o desejo de trabalhar na Europa. Somado a isto, a Hungria está sem treinador desde a goleada por 8 a 1 sofrida diante da Holanda, na primeira fase das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, e busca um nome de peso para voltar a figurar no primeiro escalão continental.

Grande força mundial na década de 50, principalmente em 1954, quando, liderada por Puskas, Kocsis e Hidegkuti, alcançou a final da Copa do Mundo, a seleção húngara não vai a um Mundial desde 1986 e, atualmente, ocupa a 44ª colocação no Ranking da Fifa. Nas últimas Eliminatórias, a equipe terminou na terceira posição do Grupo D, atrás de Holanda e Romênia, não conseguindo, assim, sequer vaga para a repescagem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.