Robben, Götze e Müller marcaram para o time alemão, e Honda descontou para os russos

O Bayern de Munique derrotou o CSKA por 3 a 1, nesta quarta-feira, em Moscou, pela quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. A equipe alemã tem 15 pontos em cinco jogos e já está classificada para a fase decisiva da competição.

Veja classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Liga dos Campeões

O Bayern abriu o placar com Robben, aos 17 minutos de jogo, e ampliou aos 17 minutos da etapa final, com Götze. Honda, aos 16 minutos do segundo tempo, descontou, mas Müller definiu o placar quatro minutos mais tarde.

Bayern comemora gol de Robben sobre o CSKA na Liga dos Campeões
AP
Bayern comemora gol de Robben sobre o CSKA na Liga dos Campeões

O jogo

O frio de sete graus negativos, somado à forte nevasca e à posição confortável no campeonato aparentemente fizeram com que o Bayern começasse o jogo em ritmo lento. Nos primeiros minutos da partida, o CSKA pressionou os visitantes em busca do resultado, para tentar se manter vivo na competição.

Mas logo na primeira chance de gol, o Bayern abriu o placar. Com 17 minutos de jogo, Muller recebeu de Kroos na linha de fundo e recuou para Robben, que, com a perna esquerda, acertou o chute. No restante do primeiro tempo, houve poucas chances concretas de gol. Com o Bayern controlando a posse de bola e o CSKA apostando nos contra-ataques, os russos chegaram na cara do gol duas vezes com Musa, mas Neuer sai bem em ambas.

No início da etapa complementar, o CSKA partiu para cima, promovendo uma "blitz" no adversário. Com menos de cinco minutos, Honda desperdiçou duas oportunidades incríveis. Na primeira, completamente sozinho com Gotze, não chutou nem driblou e perdeu a bola para o goleiro bávaro. Na segunda, recebeu cruzamento livre na pequena área, mas finalizou fraco e em cima de Neuer.

As chances perdidas motivaram o Bayern. Aos 11, Gotze arrancou, driblou dois e chutou firme para ampliar a vantagem dos visitantes. Cinco minutos depois, Tosic chutou e a bola parou na mão de Dante. O árbitro marcou pênalti, que foi convertido por Honda, que se redimiu com a torcida.

Mas a festa dos donos da casa durou pouco. Na sequência, Gotze recebeu na área e carimbou a trave adversária. A bola voltou para Robben, que foi derrubado por Schennikov. Muller cobrou e fechou o placar em 3 a 1. O CSKA não desistiu e pressionou o Bayern até o final da partida, mas não conseguiu mudar o resultado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.