Em casa, equipe francesa contou com os astros Ibrahimovic e Cavani para vencer por 2 a 1, pela Liga dos Campeões

Ibrahimovic tenta passe em ataque do PSG
Michel Euler/AP
Ibrahimovic tenta passe em ataque do PSG

Jogando em casa, o Paris Saint-Germain não decepcionou o torcedor na tarde desta quarta-feira ao vencer o Olympiacos por 2 a 1. Os gols foram marcados por Ibrahimovic e Cavani para os franceses e por Manolas, para os gregos.

Comente esta notícia com outros torcedores

Agora com 13 pontos, o Paris Saint-Germain não pode mais ser alcançado na liderança do Grupo C. Olympiacos, com 13, Benfica com sete e Anderlecht com um pontos completam a chave.

Confira a classificação dos grupos da Liga dos Campeões

Na última rodada, os parisienses visitam o Benfica, terceiro colocado. O Olympiacos, por sua vez, depende apenas de uma vitória em casa sobre o Anderlecht para garantir a vaga.

O PSG estava disposto a fazer valer seu mando e, logo de cara, aos sete minutos, já tinha vantagem no placar com o artilheiro da Liga dos Campeões, empatado com Cristiano Ronaldo, Ibrahimovic.

Com um a menos, Real bate Galatasaray; Juventus vira vice-líder do grupo

Van der Wiel recebeu bom passe na direita e cruzou rasteiro para o meio. O grandalhão sueco só colocou o bico da chuteira na bola para empurrá-la para as redes pela oitava vez na competição.

O jogo perdeu em emoção a partir deste momento. Os gregos foram os responsáveis por criarem as melhores chances, esparsas, durante o resto da etapa inicial.

Porém, as oportunidades, todas criadas pelo único atacante grego em campo - Mitroglou -, pararam em boas defesas de Sirigu.

No início do segundo tempo, o PSG perdeu Verratti, que já tinha cartão amarelo e foi expulso após falta desnecessária. Mas nem isso animou o jogo.

A equipe grega não conseguiu crescer na partida e apenas assistiu a uma ótima defesa de Roberto, aos cinco minutos, em cobrança de falta, na primeira grande chance da etapa complementar.

O goleiro espanhol voltou a salvar seu time aos 26 minutos, quando o jovem Rabiot arriscou de fora da área, rasteiro, e quase aumentou.

O jogo ganhou contornos emocionantes a partir dos 35 minutos. Primeiro, Manolas aproveitou cobrança de escanteio e precisou de duas tentativas para superar Sirigu e empatar.

Quando tudo indicava a igualdade como resultado final, Cavani recebeu de Marquinhos, livre na cara de Roberto, e não perdoou o bom goleiro espanhol, marcando o gol da vitória parisiense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.