Cartola comemora valores elevados e diz que contratações podem custar até mais caro se a negociação parecer boa para o clube

O conselho deliberativo do Atlético-MG aprovou, por unanimidade, o orçamento elaborado pela diretoria executiva para o exercício de 2014. O orçamento apresentado aos conselheiros foi de R$ 254 milhões. Os valores superam em R$ 35 milhões o que estava previsto anteriormente, e a cúpula já destinou R$ 22 milhões para contratação de jogadores.

Leia mais sobre o Mundial de Clubes da Fifa, com o Atlético-MG na disputa por título inédito

"O orçamento foi aprovado por unanimidade. Já é um ganho em função da conquista da Libertadores, o bi do Mineiro e um Brasileiro bem feito", disse o presidente do conselho deliberativo, Emir Cadar.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

O número de R$ 22 milhões para a busca de reforços não é definitivo e pode sofrer flutuação devido ao mercado de jogadores. Emir Cadar argumenta que a tendência é que exista um reajuste destes valores. "Foi projetado R$ 22 milhões para compra de jogadores, mas isso é muito relativo. Pode pintar uma boa pedida e investirmos mais", declarou.

Leia mais: Cuca conta com Fernandinho no Mundial de Clubes e descarta Dátolo e Emerson

O presidente do conselho deliberativo afirma ainda que o Atlético-MG vai mudar o fornecedor de material esportivo devido os problemas de fornecimento com a atual empresa que estampa o nome na camisa do Galo. "O patrocínio da Lupo vai sair e vai entrar uma nova que vai pagar mais, mas ainda não está certo qual será o novo. A Lupo não quer porque ela não dá conta, ela assustou com a força do Atlético-MG. Ela colocou uma unidade só para o Atlético-MG e mesmo assim não deu conta", explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.