Tamanho do texto

"O Náutico tem profissionais e merece ser respeitado. Portanto, de nossa parte não vamos pensar em nenhum tipo de facilidade", disse o atacante Edmilson

Apesar do favoritismo, o Vasco está cauteloso para o jogo contra o Náutico, dono de uma das piores campanhas da história do Campeonato Brasileiro no sistema de pontos corridos. O time pernambucano foi rebaixado com antecipação e tudo indica que será uma presa fácil no jogo de domingo, às 17h (de Brasília), no Maracanã. Mas os vascaínos não se empolgam.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Não estamos contando com nenhum resultado antes dele acontecer. Temos duas partidas pela frente, e por estarmos na zona de rebaixamento não existe isso de facilidade, muito pelo contrário. As partidas vão ganhar caráter decisivo e, portanto, estamos esperando muitos problemas. Mas vamos a campo cientes da responsabilidade que temos com os nossos torcedores e com o Vasco", afirmou o lateral direito Fagner.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

"As dificuldades serão muito grandes e o jogo tem um caráter decisivo. Não podemos cogitar a possibilidade de um tropeço. Se isso acontecer vai ser muito ruim e a nossa situação vai ficar bastante complicada", alertou o zagueiro Cris.

Já o atacante Edmilson, lembrou que é preciso respeitar os colegas do time pernambucano. "O Náutico tem profissionais e merece ser respeitado. Portanto, de nossa parte não vamos pensar em nenhum tipo de facilidade. O resultado é conquistado dentro de campo e jamais na véspera. Além disso, vale lembrar que a responsabilidade de vitória é toda nossa, pois vamos jogar em casa e precisamos demais da vitória", disse o atacante.

O elenco ganhou folga após o último jogo e apenas nesta terça-feira pela manhã, em São Januário, é que começará a preparação para o próximo jogo. A tendência é que o técnico Adilson Batista repita o time que venceu por 2 a 1 o Cruzeiro, sábado passado. Depois de receber o Náutico, o Vasco encara o Atlético-PR, em Curitiba pela última rodada do Brasileirão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.