Derrotado por 1 a 0, time do Canindé fica estacionado nos 44 pontos, é ultrapassado pelos baianos e não consegue se livrar do risco de rebaixamento

Bahia e Portuguesa duelaram na Fonte Nova
Erik Salles/BA Press/Futura Press
Bahia e Portuguesa duelaram na Fonte Nova

Em um jogo muito nervoso, a Portuguesa não conseguiu aproveitar vantagem numérica durante quase todo o segundo tempo e acabou sendo derrotada pelo Bahia , por 1 a 0, na noite deste domingo. Com isto, o time rubro-verde ainda está ameaçado de rebaixamento no Campeonato Brasileiro .

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Já a equipe baiana, também com chances de degola, respira mais aliviada. Mas ambos voltarão a campo no próximo domingo: enquanto o Tricolor visita o campeão nacional, o Cruzeiro, a Lusa medirá forças com a Ponte Preta, em outro confronto direto contra a queda para a segunda divisão.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Após o terceiro jogo sem triunfo, a Portuguesa estacionou nos 44 pontos, caindo para a 14ª colocação. A diferença para o Coritiba, que abre a zona de rebaixamento, é de apenas um tento. Já o Bahia ganhou três colocações, chegando aos 45 pontos.

O jogo

O nervosismo foi a marca do primeiro tempo, tanto para Bahia quanto para Portuguesa. Os dois times erravam muitos passes e demonstravam dificuldades na criação das jogadas: pela direita, William Barbio era a única saída tricolor, mas, isolado de Fernandão, não funcionava.

Do outro lado, a Lusa apostava em um elemento surpresa, Wanderson, que chegava muito bem de trás. Em uma delas, o jogador chutou de primeira de fora da área e obrigou Marcelo Lomba a mandar para escanteio. No entanto, a equipe visitante acabou sendo castigada por um erro imperdoável.

Aos 44 minutos, William Arão tentou passe abusado e viu Wallyson, apagado até então, ser acionado pela esquerda. O atacante só rolou para Fernandão na outra ponta e viu o centroavante completar para o fundo da rede, fazendo a lotada Fonte Nova explodir de alegria.

A insatisfação foi tanta que Guto Ferreira preferiu substituí-lo por Ferdinando na volta para o intervalo. A Lusa retornou um pouco melhor e já teve grande chance aos seis, quando Gilberto, outra estrela apagada em Salvador, recebeu bola, girou sobre marcador e obrigou nova boa defesa de Lomba.

E os visitantes poderiam melhorar ainda mais quando Feijão, infantilmente, foi expulso de campo. O volante já havia recebido um cartão amarelo no primeiro tempo, mas continuou batendo nos adversários e foi punido justamente. O jovem atleta, revelado na última Copinha, deixou o gramado chorando.

No entanto, os comandados de Guto Ferreira não souberam lidar com a vantagem numérica – uma forte cobrança de falta de Ferdinando foi uma das únicas chances depois da expulsão. E quase que o Bahia fez o segundo, não fosse um chute de Marquinhos Gabriel travado na grande área.

FICHA TÉCNICA -  BAHIA 1 X 0 PORTUGUESA
Local:
Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 24 de novembro de 2013, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Janette Mara Arcanjo (MG) e Rafael da Silva Alves (RS)
Cartões amarelos: Bahia: Marcelo Lomba, Feijão, Fernandão e Obina. Portuguesa: William Arão e Bruno Henrique
Cartão vermelho: Feijão.

Gol: Fernandão, aos 44 minutos do primeiro tempo.

BAHIA: Marcelo Lomba, Rafael Miranda, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Hélder (Demerson) e Anderson Talisca; William Barbio, Wallyson (Marquinhos) e Fernandão (Obina)
Técnico: Cristóvão Borges

PORTUGUESA: Lauro; Luís Ricardo, Lima, Valdomiro e Rogério; Willian Arão (Ferdinando), Bruno Henrique, Moisés e Souza (Henrique); Wanderson (Héverton) e Gilberto
Técnico: Guto Ferreira

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.