Tamanho do texto

Jovem atacante acredita que campanha que culminou no rebaixamento do time para a segunda divisão servirá de aprendizado

Rogério, atacante do Náutico
Simone Vilar/Site do Náutico
Rogério, atacante do Náutico

Já rebaixado para o Campeonato Brasileiro da Série B em 2014, o Náutico , lanterna da elite nacional, com apenas quatro vitórias em 35 jogos, decepcionou seus torcedores neste ano. Porém, na visão do jovem atacante Rogério, a má campanha serve de aprendizado para a próxima temporada, idealizada pelo jogador como um período de sucesso.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“As pessoas que nos vaiam hoje depois vão nos aplaudir”, simplificou Rogério. Além do mais, o atacante fez questão de expor as lições absorvidas no ano de 2013. “A gente aprendeu muito este ano e viu que faltou força de vontade. Precisamos guerrear mais. Porém, o próximo ano será melhor para todos nós. Vamos encarar cada partida como uma verdadeira guerra, para não passar por esse sofrimento de novo”, projetou.

O próximo compromisso do Timbu na elite nacional será neste domingo, às 17 horas (de Brasília), na Arena Joinville, diante do Atlético-PR. Sobre o difícil duelo, contra o quarto colocado da competição, Rogério foi enfático. “Se repetirmos a atuação apresentada contra o Bahia (na rodada passada, quando a equipe alvirrubra foi derrotada por 1 a 0), venceremos”, finalizou.

Após medir forças com o Furacão, o Náutico terá pela frente o Vasco, no estádio do Maracanã, e o Corinthians, na Arena Pernambuco.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.