Equipe mineira precisa da vitória sobre os catarinenses para ter chance de colar no G4 da Série B

O América-MG segue vivo na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O time mineiro, porém, precisa desesperadamente de vitória contra o Joinville, nesta sexta-feira, às 21h50, na Arena Joinville, para manter as esperanças de retornar à elite do futebol brasileiro. Além de vencer o duelo, precisa de uma combinação favorável de resultados.

Comente esta notícia com outros torcedores

O time do técnico Silas ocupa a sétima posição com 56 pontos, três de diferença para Ceará e Icasa, que fecha o G4. Para continuar sonhando com o acesso à elite, é obrigado a vencer o Joinville e torcer por tropeços dos adversários que estão à frente na tabela. O volante Claudinei avalia que a partida é uma decisão para o América-MG, e que primeiro a equipe precisa vencer para só depois olhar os demais resultados.

Veja como está a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

"Será o jogo mais importante para nós. Temos que vencer e só depois olhar os outros resultados. O importante é ficarmos focados e bem concentrados, para não deixarmos o nervosismo atrapalhar. Faltam dois jogos e precisamos mostrar superação para somar os pontos e seguir acreditando", disse.

O comandante é otimista ao falar sobre o acesso, e revela que tem trabalhado o aspecto emocional dos atletas. "Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. A excelência não é um fato isolado, mas sim um hábito. Vamos lançando isso para eles pensarem e irem fazendo. Futebol é assim. Daqui a pouco o cara faz sem perceber e chega aos gols", afirmou.

A queda de rendimento na Série B e o consequente fim da possibilidade de conseguir o acesso para a Série A fizeram a diretoria do Joinville promover uma verdadeira faxina no elenco. No início da semana, seis atletas foram dispensados. E, de acordo com Cesar Sampaio, homem forte do futebol do clube, mais jogadores devem ter seus vínculos encerrados com a equipe nos próximos dias.

A principal surpresa na lista de desligados foi a presença do zagueiro Diego Jussani. Além dele, o lateral-esquerdo Thiago Feltri, os volantes Carlos Alberto e Marcus Winícius, o meia Alex Silva e o atacante Ronaldo também não fazem mais parte dos planos do Joinville.

A situação mostra que o Joinville já não tem mais objetivos no Brasileiro, o que pode facilitar a vida do América-MG, que ainda pode subir. O time do técnico Sérgio Ramírez disputa a Copa Santa Catarina, que passou a ser prioridade do Coelho do Sul do Brasil, revelando desmotivação com o restante da Série B. "A gente sente muito pela Série B. Mas agora é uma nova etapa e temos que nos concentrar para isso", disse o zagueiro Bruno Costa.

FICHA TÉCNICA
JOINVILLE X AMÉRICA-MG

Local : Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data : 22 de novembro de 2013, sexta-feira
Horário : 21h50 (de Brasília)
Árbitro : Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes : Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

JOINVILLE : Oliveira; Eduardo, Rafael, Sandro e Matheus Carvalho; Augusto Recife, Marcelo Costa, Diogo Oliveira e Wellington Bruno; Edigar Júnio e Francis
Técnico : Sérgio Ramírez

AMÉRICA-MG : Matheus; Elsinho, César Lucena, Vitor Hugo e Danilo; Claudinei, Andrei Girotto, Kleber e Bady; Nikão e Marcão
Técnico : Silas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.