Tamanho do texto

Atacante, cuja a permanência no clube ainda é incerta, espera mais chances no time

Neílton, ao lado dos companheiros, comemora  título da Copa do Brasil Sub 20
DEZA BERGMAN/Gazeta Press
Neílton, ao lado dos companheiros, comemora título da Copa do Brasil Sub 20

A conquista da Copa do Brasil Sub 20, na última quarta-feira, diante do Criciúma, motivou a base do Santos . Dentre os mais exaltados com o título, estava o atacante Neílton, que, após o duelo em solo catarinense, fez questão de tornar público um desejo: a integração de seus companheiros campeões ao elenco profissional.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

“Torço bastante para que os outros garotos também tenham oportunidade no profissional, pois esse time não é de brincadeira. Temos uma molecada muito boa e focada. O Santos tem uma base de qualidade, que sempre vem conquistando títulos. Graças a Deus fui feliz mais uma vez aqui”, declarou o jogador, de 19 anos.

Sobre a conquista da competição, o atleta não poupou palavras: “É uma emoção muito grande levantar um título. No primeiro tempo entramos desligados demais, não era o Santos que a gente conhecia. Na etapa final, fomos mais ligados. O Mizael (volante, autor do gol santista no Heriberto Hulse) foi feliz na cobrança de falta, e soubemos segurar o resultado. Agora é curtir bastante a emoção de fechar 2013 com esse título”, completou.

Dentre os atletas campeões que já integraram o elenco profissional, ao lado de Neílton, estão o goleiro Gabriel Gasparotto, o zagueiro Walace, o lateral-esquerdo Émerson Palmieri e os meias Léo Cittadini e Pedro Castro.

Com contrato até o dia 30 de maio de 2014, Neílton não possui permanência garantida no Santos, já que não foi procurado para acertar sua renovação. Caso a mesma não seja consolidada, a partir do dia 30 deste mês, o atacante estará livre para assinar com outro clube.

Veterano parabeniza "Meninos da Vila"

Nesta quarta-feira, no estádio Heriberto Hulse, o Santos foi derrotado pelo Criciúma, pelo placar de 3 a 1, mas o resultado foi suficiente para premiar a equipe com o título da Copa do Brasil Sub-20. A conquista dos meninos da vila, comandados pelo técnico Pepinho, filho do ídolo santista Pepe, repercutiu no elenco profissional.

Na visão de Léo, a conquista santista se tornou mais importante pelo potencial do adversário, principalmente atuando em Santa Catarina: "O Criciúma foi um adversário muito duro e isso só valorizou a conquista do Santos. Nosso time jogou com consciência, principalmente no segundo tempo, e soube tirar proveito da vantagem obtida na primeira partida, quando ganhou por 2 a 0 aqui na Vila Belmiro. Quero dar os parabéns ao técnico Pepinho e a todos os atletas", declarou o lateral-esquerdo, que segue em recuperação após sofrer uma artroscopia no joelho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.