Tamanho do texto

Volante comemora volta por cima dentro de campo com participação importante pelo time carioca no primeiro duelo da decisão da Copa do Brasil

Amaral comemora gol de empate do Flamengo
Giuliano Gomes/Gazeta Press
Amaral comemora gol de empate do Flamengo

Discreto na maioria dos jogos, apesar de ser essencial no sistema de marcação do Flamengo , o volante Amaral resolveu inovar nesta quarta-feira. Na decisão diante do Atlético-PR, ele entrou em campo com trancinhas rubro-negras, lembrando o atacante Vágner Love. A novidade parece ter trazido sorte: ainda no primeiro tempo, quando os cariocas perdiam por 1 a 0, o jogador acertou um belo chute de fora da área e deu números finais ao primeiro confronto.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na saída de campo, ainda sem entender a importância do gol – a Copa do Brasil mantém o gol fora de casa como critério de desempate na decisão -, o volante explicou sua comemoração, na qual saiu engatinhando, e reconheceu o apoio dado pela torcida ao longo desta temporada.

“Eu passei por um momento difícil na minha vida e hoje fui abençoado com o gol. Este é o apelido que a torcida me deu, eles me chamam de ‘pitbull’, então esse gol foi para a nação rubro-negra”, esclareceu o volante Amaral, que ganhou espaço no Flamengo apenas com a chegada de Jayme de Almeida.

Depois de figurar entre os clubes do interior do Rio de Janeiro, o volante de 25 anos foi emprestado no ano passado, mas passou a ser titular absoluto apenas a partir do final de setembro, justamente quando o atual treinador assumiu o cargo deixado por Mano Menezes. Desde então, Amaral vem correspondendo dentro de campo e foi coroado com um importante gol nesta quarta-feira.

“É um gol muito importante para mim. É fruto do esforço, do trabalho e da confiança. Eu me lembro de ter feito um gol só na carreira, pelo Quissamã”, ressaltou Amaral, que já começa a projetar o segundo jogo, no Maracanã, que definirá o campeão da Copa do Brasil 2013.

Depois de empatar em 1 a 1 fora de casa e controlar a pressão da torcida paranaense na Vila Capanema, o Flamengo começa o jogo com a mão na taça no Maracanã, já que o empate sem gols garante o título ao clube carioca. A repetição do resultado desta quarta-feira leva a decisão aos pênaltis.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.