Time goiano soma agora oito vitórias nos últimos nove jogos, chega aos 59 pontos e se firma de vez no G4 do Brasileirão

Hugo marcou o segundo gol do Goiás na vitória sobre o Inter
Carlos Costa/Futurapress
Hugo marcou o segundo gol do Goiás na vitória sobre o Inter

O Goiás segue sua campanha avassaladora no returno do Brasileirão. Neste domingo, a equipe do técnico Enderson Moreira chegou ao nono jogo de invencibilidade ao bater o Internacional de virada, no Serra Dourada, por 3 a 1. Walter, Hugo e Roni marcaram para o time esmeraldino, Otávio fez o gol dos gaúchos. O resultado faz o Goiás subir mais uma posição: agora, a equipe está na 3ª colocação, com 59 pontos.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Precisando da vitória, o Goiás partiu para cima e dominou o primeiro tempo, mas saiu atrás no placar quando mais controlava a partida. Ainda assim, a resposta veio rapidamente, em gol de Walter, que não comemorou contra seu ex-clube. Na etapa final, a expulsão de Rafael Moura por reclamação complicou as coisas para o Inter, que não segurou a pressão goiana e levou a virada e ainda o terceiro gol.

Confira classificação, notícias, tabela de jogos e artilharia do Brasileirão

Com o resultado, o Inter segue a perigo no Brasileirão. Com 45 pontos, a equipe do técnico Clemer está em 12º, apenas quatro pontinhos à frente da zona de rebaixamento. O Colorado fará um confronto direto com o Coritiba, no Centenário, domingo que vem. O Goiás visita o Atlético-MG, no sábado.

O jogo 
Sem Eduardo Sasha, que ainda pertence ao Inter e não jogou por questões contratuais, o técnico Enderson Moreira montou o Goiás com Hugo, Renan Oliveira e Roni no setor criativo. Foi de Renan Oliveira as primeiras duas chances: logo aos três minutos ele ganhou dividida na intermediária, conduziu até a entrada da área e bateu por cima do gol. Aos sete, ele recebeu de Walter e bateu fraquinho, dando a chance para Jackson afastar. No rebote, Vítor soltou uma bomba longe do gol.

O Goiás seguia superior em campo após estas duas oportunidades iniciais, mas quem abriu o placar foi o Inter. Aos 19, Cláudio Winck cruzou no segundo pau para Otávio, que encobriu Renan com um inteligente toque de cabeça. A resposta veio rápida: aos 25, a zaga colorada bobeou e Walter entrou livre para empatar. O artilheiro estava impedido na origem do lance, mas mesmo assim a arbitragem validou o gol.

Aos 36, nova boa chegada do Goiás: o lateral William Matheus subiu bem pela esquerda, invadiu a área, mas preferiu cruzar em vez de chutar a gol, desperdiçando ótima chance. No finzinho do primeiro tempo, Rafael Moura puxou contragolpe rápido pela direita e cruzou rasteiro, mas Renan saiu e defendeu, evitando a chegada de carrinho de Jorge Henrique.

O segundo tempo começou muito movimentado. Logo no primeiro minuto, D’Alessandro arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e quase entrou. Aos três, Fabrício recebeu passe de Otávio por trás da defesa e chutou para defesa de Renan. O Goiás respondeu com uma paulada de Walter na trave. Aos seis minutos, o artilheiro só parou em uma grande defesa do goleiro Muriel. Aos 17, o goleiro colorado fez verdadeiro milagre em uma sequência de tentativas de Hugo e Roni dentro da área.

As coisas ficaram complicadas para os gaúchos aos 21 minutos da etapa final, quando o centroavante Rafael Moura foi expulso por reclamação. Tudo ficou ainda pior aos 25, com a virada goiana: após cruzamento, Alan afastou errado e Hugo tocou por último para colocar nas redes: 2 a 1. Aos 37, Roni definiu a parada, aparando cruzamento de Vítor.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 3 x 1 INTERNACIONAL

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia
Data: 17 de novembro de 2013, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Lincoln Ribeiro Taques (MT) e Paulo César Silva Faria (MT)
Cartões amarelos: Hugo (Goiás); João Afonso, Willians e D’Alessandro (Internacional)
Cartão vermelho: Rafael Moura (Internacional)

Gols:
GOIÁS: Walter, aos 25 minutos do primeiro tempo; Hugo, aos 25, e Roni, aos 37 minutos do segundo tempo
INTERNACIONAL: Otávio, aos 19 minutos do primeiro tempo

GOIÁS: Renan; Vítor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Amaral (Thiago Mendes), David, Hugo, Roni (Ramon) e Renan Oliveira (Tartá); Walter
Técnico: Enderson Moreira

INTERNACIONAL: Muriel; Cláudio Winck (Nathan Índio), Alan, Jackson e Fabrício; João Afonso (Josimar), Willians, Jorge Henrique, D’Alessandro e Otávio; Rafael Moura
Técnico: Clemer

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.