Enquanto os mineiros usam as últimas partidas do Brasileiro como preparação ao Mundial de Clubes, os paulistas tentam escapar de vez do risco de rebaixamento

Com a disputa do Mundial de Clubes pela frente, e com vaga na Libertadores 2014 garantida, o Atlético-MG já não tem mais pretensões no Campeonato Brasileiro , a não ser usar os jogos finais como teste para chegar bem ao Marrocos. Neste domingo, os mineiros encaram a Portuguesa , às 19h30, no Canindé, e os atleticanos vão assistir a um time diferente. Já o time paulista luta para acabar de vez com o risco de rebaixamento para a Série B.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Cuca crealizará várias experiências na partida contra a Portuguesa
Flickr/Atltético-MG
Cuca crealizará várias experiências na partida contra a Portuguesa

O técnico Cuca já planejava armar uma equipe com formação tática um pouco diferente, e agora ele será obrigado a fazer isso, devido ao excesso de desfalques que o Atlético-MG terá. O goleiro Victor e o avante Jô servem a seleção brasileira, Marcos Rocha e Alecsandro terá que cumprir suspensão automática e Guilherme voltou a acusar lesão muscular, diminuindo as opções do treinador.

No gol, Giovanni segue como titular, na lateral direita, Carlos César é o mais cotado para iniciar o duelo contra a Lusa, mas no meio-campo e no ataque é que as preocupações começam. Sem um centroavante de ofício, a ideia seria usar Tardelli e Guilherme, mas com a lesão do jogador, Neto Berola ou mesmo Dátolo brigam pela posição.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

"A gente tem o Berola, que joga pelo lado, tem o Dátolo. Vamos respeitar o repouso e a recuperação do atleta, temos que pesar bem para fazer um bom jogo contra a Portuguesa", explicou o treinador, lamentando a lesão de Guilherme. "O Guilherme, infelizmente, tem tido lesões. Não sei a causa especifica, mas vamos ver e torcer para que seja uma coisa rápida, porque ele é importante para nós", afirmou.

Com 41 pontos, a Portuguesa ainda corre algum risco de rebaixamento, que a Lusa quer espantar definitivamente no jogo contra o Atlético-MG. O técnico Guto Ferreira, porém, sabe que o time terá dificuldades, e justifica a opinião afirmando que os mineiros vão jogar de forma descompromissada já que não tem mais pretensões no Brasileiro.

Guto Ferreira vê o Atlético-MG como um rival perigoso, justamente por jogar sem compromisso
Site oficial
Guto Ferreira vê o Atlético-MG como um rival perigoso, justamente por jogar sem compromisso

"O Atlético-MG, talvez, é um dos adversários mais perigosos, pois o Cuca vem usando o Campeonato Brasileiro como preparação. Sem a chance de título, eles trabalham com uma preparação intensa, podendo administrar, e jogam muito soltos, sem responsabilidade", avaliou.

Um dos trunfos para garantir os três pontos no Canindé, no entanto, não está nem mesmo ao alcance do treinador. Assim como alguns jogadores da Lusa, Guto Ferreira também pediu uma maior presença da torcida no confronto deste domingo. "Nós temos que ter o torcedor ao nosso lado. O torcedor tem que ser o 12º jogador, até por causa das limitações que temos, se superando a cada jogo. Não temos um grande plantel, temos guerreiros, e eles precisam da força das arquibancadas", disse.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X ATLÉTICO-MG

Local:   Estádio Canindé, em São Paulo (SP)
Data:   17 de novembro de 2013, domingo
Horário:   19h30 (de Brasília)
Árbitro:   Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes:   José Antônio Chaves Franco Filho (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)

PORTUGUESA:   Lauro; Luis Ricardo, Lima, Valdomiro e Bryan; Willian Arão, Bruno Henrique, Moisés e Souza; Diogo e Gilberto
Técnico:   Guto Ferreira

ATLÉTICO-MG:   Giovanni; Carlos César (Michel), Réver, Leonardo Silva e Lucas Cândido; Pierre, Josué, Dátolo (Neto Berola) e Tardelli; Luan (Neto Berola) e Fernandinho
Técnico:   Cuca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.