Duelo com o América-RN terminou empatado em 2 a 2, deixando mineiros mais distantes da elite nacional

O América-MG entrou em campo para enfrentar o xará potiguar nesta terça-feira, no Nazarenão, em Goianinha, precisando da vitória para manter vivo o sonho de chegar ao G4. O problema é que o América-RN também queria os três pontos para eliminar a possibilidade de queda, o que gerou um jogo muito movimentado. O equilíbrio prevaleceu na maior parte do tempo e também no placar, 2 a 2, que não foi bom para nenhuma das duas equipes.

Comente esta notícia com outros torcedores

O primeiro gol do jogo foi anotado por Régis, que aproveitou assistência de Pimpão, que limpou a zaga mineira e fuzilou Matheus. Kleber deixou tudo igual para o América-MG, mas Rodrigo Pimpão, no fim do primeiro tempo, marcou mais um para o time da casa. Na etapa final, Marcão voltou a igualar o placar. O resultado deixa os mineiros com 53 pontos, longe do G4. Já os potiguares chegam aos 42 pontos, ainda correndo risco de queda.

Na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, o América-MG volta a atuar diante da torcida, recebendo o Atlético-GO, sábado, no Independência. Já o xará potiguar terá compromisso contra o Avaí, também no sábado, porém, jogando na Ressacada.


FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN 2 X 2 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Nazarenão, em Goianinha (RN)
Data: 12 de novembro de 2013, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia (RJ) e Márcio Luiz Augusto (SP)
Cartões amarelos: Cléber, Neto e Rodrigo Pimpão (América-RN); Jaílton e Vitor Hugo (América-MG)
Público: 2.058 pagantes
Renda: R$ 15.560,00

Gols:
América-RN: Régis, aos 20, e Rodrigo Pimpão, aos 44 minutos do primeiro tempo
América-MG: Kléber, aos 34 minutos do primeiro tempo; Marcão, aos 19 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-RN: Silvio; Norberto, Cléber, Edson Rocha (Zé Antônio) e Wanderson; Adilson Goiano, Fabinho, Coutinho (Neto) e Régis; Max e Rodrigo Pimpão (Cascata)
Técnico: Leandro Sena

AMÉRICA-MG: Matheus; Elsinho, Jaílton, Vitor Hugo e Danilo; Marcelo Rosa (Ygor), Claudinei, Kleber (Weverton) e Bady; Nikão e Tiago Alves (Marcão)
Técnico: Silas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.