Tamanho do texto

Há seis anos, clube chegou a disputar a liderança no primeiro turno, mas caiu de rendimento na segunda metade e ficou sem vaga na Libertadores

Botafogo: com 53 pontos, clube está em quarto no Brasileirão e vê vaga na Libertadores ameaçada
Gazeta Press
Botafogo: com 53 pontos, clube está em quarto no Brasileirão e vê vaga na Libertadores ameaçada

O Botafogo chegou à metade do Campeonato Brasileiro como o principal concorrente do Cruzeiro na disputa pela liderança. Mas o desempenho no segundo turno não só tirou o time comandado por Oswaldo de Oliveira da corrida pelo título como o deixou a vaga na próxima Libertadores ameaçada. A cinco rodadas do final da competição, o clube carioca se vê novamente assombrado por um fantasma que já viu seis anos atrás.

Você acha que o Botafogo conquistará a vaga na próxima Libertadores? Comente

No Brasileirão de 2007, o Botafogo chegou a disputar a liderança com o São Paulo no primeiro turno. Mas a queda de produção na segunda metade da competição foi muito grande. Com 55 pontos, a equipe acabou o campeonato apenas em nono lugar.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Restando cinco rodadas para o final do Brasileirão deste ano, o Botafogo tem 53 pontos e está em quarto lugar. A pontuação é a mesma do Goiás, mas os cariocas ainda se sustentam à frente dos goianos por terem uma vitória a mais. O problema é que a comparação entre o seu aproveitamento e o do concorrente à última vaga no G4 não é nada animador.

Nas últimas cinco rodadas, o Botafogo somou apenas quatro pontos. O Goiás, em contrapartida, conquistou 13 pontos. O período inclui o confronto direto entre as duas equipes, que aconteceu no último dia 3, no Serra Dourada, e terminou com vitória dos goianos por 1 a 0.

Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo
Flickr/Botafogo F.R.
Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo

Após a derrota no Rio Grande do Sul neste domingo para o Internacional, a delegação do Botafogo foi recebida com ovos e pedras pelos torcedores ao desembarcarem no Rio de Janeiro nesta segunda-feira.

"Estamos no G4 e fomos campeões cariocas, não podemos achar que o ano terminou por causa de duas derrotas", disse o atacante Rafael Marques. "Pode ter cobrança, mas vamos brigar até o último momento pela classificação para a Libertadores. Lógico que não queremos apagar o passado, mas temos que ver o momento de hoje, temos grandes chances de chegar ao objetivo. Temos que estar juntos para alcançar", completou.

Mesmo que consiga ganhar a disputa com o Goiás pelo quarto lugar, o Botafogo não tem lugar assegurado na Libertadores. Para voltar a participar da competição continental, da qual está afastado desde 1996, terá de torcer contra São Paulo e Ponte Preta na Copa Sul-Americana. Se um dos dois clubes ganharem o torneio neste ano, apenas os três primeiros do Brasileirão irão se classificar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.