Ameaçado de rebaixamento, Fluminense demite Vanderlei Luxemburgo

Por iG São Paulo * | - Atualizada às

Texto

Técnico, que já estava com o cargo ameaçado, não resistiu após derrota por 1 a 0 para o Corinthians no último domingo

Ricardo Ayres/Photocamera
Luxemburgo deixou o Fluminense

Depois de afirmar que ficaria no Fluminense até o fim do Campeonato Brasileiro, mesmo em caso de rebaixamento, Vanderlei Luxemburgo recebeu a noticia na tarde desta segunda-feira de que não é mais o treinador do clube. A decisão da diretoria foi tomada após a derrota para o Corinthians neste domingo, por 1 a 0, em Araraquara - o nono resultado ruim consecutivo.

Comente esta notícia com outros torcedores

Com o resultado negativo, o Flu entrou na zona de rebaixamento faltando apenas cinco rodadas para o fim da competição.

Técnicos badalados têm ano péssimo e são atropelados pela nova geração

“Fui pego de surpresa com a decisão do presidente em interromper o trabalho, já que fizemos um planejamento de levar o time para Atibaia (SP) visando a preparação para seis jogos e não apenas um. Como já havia dito, meu pensamento era de permanecer ao lado do grupo até o fim para tentarmos tirar o Fluminense dessa situação incômoda no Campeonato Brasileiro. Entendo e respeito essa decisão, já que há um processo político e eleição se aproximando no clube. Faz parte do futebol", disse o técnico, por meio de sua assessoria de imprensa.

Contratado em julho para o lugar de Abel Braga, Luxemburgo dirigiu o Fluminense em 24 partidas, com sete vitórias, nove empates e dez derrotas. Além da décima sétima colocação no Brasileiro, o time foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil pelo Goiás.


* Com Gazeta Esportiva


Leia tudo sobre: fluminensevanderlei luxemburgobrasileirao
Texto

notícias relacionadas