Tamanho do texto

Atleta versártil, revelado na base do Fluminense, disse que a situação ruim do clube no Brasileiro dá bagagem aos mais jovens. Time é o 16º colocado, com 36 pontos

Rafinha recebe orientação de Luxemburgo durante treino do Fluminense
Wagner Meier/Agif/Gazeta Press
Rafinha recebe orientação de Luxemburgo durante treino do Fluminense

Espécie de coringa no elenco do Fluminense , o jovem Rafinha, revelado pela base tricolor, enxerga a crise vivida pelo clube das Laranjeiras como uma alternativa de amadurecimento profissional. Na visão do jogador, de 20 anos, a luta contra o rebaixamento promove mais bagagem aos menos experientes, estimulando a capacidade técnica dos atletas em momentos de pressão.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Temos que encarar esta realidade, não tem como fugir. Mas é uma experiência muito boa para nós que somos mais jovens. Não era para o Fluminense estar nessa situação, tínhamos de estar brigando em cima. Porém, agora nos resta encarar a situação dando um passo de cada vez e o primeiro é o confronto com o Corinthians (válido pela 33ª rodada da elite nacional). Vamos buscar um bom resultado e pensar depois no próximo duelo", explicou.

Confira classificação, notícias, tabela de jogos e artilharia do Brasileirão

Sobre sua versatilidade dentro das quatro linhas, Rafinha foi enfático: "Não importa a posição. Deixo a decisão na mão do Vanderlei Luxemburgo. Estou aqui para ajudar o grupo, seja na emergência ou na hora boa. O grupo está unido e fechado para escapar dessa situação". Além do mais, o jovem fez questão de ressaltar que não possui preferência de posição: "Todas as tarefas propostas são difíceis, é sempre um desafio desempenhar estas funções. Porém, quero ajudar nosso elenco, seja qual for a posição", finalizou.

O próximo compromisso do Fluminense no Campeonato Brasileiro será neste domingo, diante do Corinthians, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. Ao passo que os cariocas seguem no 16º posto, um acima da zona do rebaixamento, os paulistas figuram na 12ª posição, com 42 somados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.