Forlán nega má fase e mostra números: "Mesma média do Atlético de Madri"

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante deixou claro que não vive um momento ruim no Internacional e pediu continuidade no time para fazer mais gols

Reserva do Internacional, Diego Forlán não tem sido aproveitado pelo técnico Clemer sequer no segundo tempo das últimas partidas do Colorado. Nesta quarta-feira, o uruguaio pediu a palavra: em entrevista coletiva, afirmou seu apreço pelo clube gaúcho, por Porto Alegre e negou, com números, que esteja em má fase.

Internacional é o 11º colocado no Brasileirão. Confira a classificação e os próximos jogos

"Neste ano eu joguei 2651 minutos, o equivalente a 30 jogos, e fiz 17 gols. É a mesma que tive com o Atlético de Madri em 2009 e 2010, um momento ótimo. A média da minha carreira sempre foi essa, de um gol a cada dois jogos. Só joguei sete jogos nos últimos dois meses. Se eu tivesse continuidade seria mais fácil fazer gols", desabafou o uruguaio, que negou problemas com o técnico Clemer e afirmou que só não tem tido sequência no Inter devido aos compromissos pela seleção uruguaia.

Gazeta Press
Forlán, atacante do Inter

"Gosto muito do Inter. Estou aqui há um ano e meio e me sinto muito à vontade na cidade, é muito bonita. É verdade que você gosta sempre de jogar, mas eu quero é ficar", garantiu o craque da Copa do Mundo de 2010.

Agora, Forlán novamente desfalcará o Internacional devido às eliminatórias. Nesta sexta, ele se apresenta ao Uruguai para a disputa da repescagem, contra a Jordânia. Com isso, não atuará nos próximos três jogos do Colorado no Brasileirão, contra Botafogo, Atlético-MG e Goiás. O Inter é o 11º colocado, com 42 pontos.

Leia tudo sobre: internacionalforlánbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas