Alison pede desculpas aos torcedores e promete sua "honra" no Náutico

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Último colocado da Série A, com apenas 17 pontos, o time voltará a campo neste final de semana, para receber o Criciúma

Após a diretoria do Náutico dispensar os zagueiros João Filipe e Luiz Eduardo, Alison deverá voltar a ter chance no time titular, já rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. O defensor falou sobre a péssima fase da equipe, que só tem pouco mais de 17% de aproveitamento dos pontos.

"Não tem muito mais o que falar. Temos que lamentar e pedir desculpas aos torcedores, porque é vergonhoso; Sentimos muito por marcar nosso nome negativamente. Isto mancha nossa imagem. Ninguém quer ser rebaixado, então também estamos com vergonha", explicou o jogador.

Náutico é o lanterna do Brasileirão. Confira a classificação e os próximos jogos

Mesmo assim, Alison tentou animar os alvirrubros projetando um cenário melhor daqui a alguns anos. "Daqui a três anos, o Náutico vai ser o melhor do Brasil. Temos um grande centro de treinamento, um estádio de primeiro mundo... Estamos nos preparando pra isso", garantiu.

Último colocado da Série A, com apenas 17 tentos, o time voltará a campo neste final de semana, para receber o Criciúma - ainda com chances de escapar da degola -, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), pela 33ª rodada da competição nacional.

"Estou à disposição, nunca deixei de treinar. Continuei trabalhando sempre para ajudar o time. Em primeiro lugar, está a minha honra e a da minha família. Quando entro em campo, penso nela", encerrou Alison, que não atua desde a goleada sofrida para o Santos, dia 19 de outubro.

Leia tudo sobre: NáuticoAlisonbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas