Próximo da vaga na Libertadores, lateral exalta vice-liderança do Atlético-PR

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Mesmo com a sombra do reserva Léo na briga por vaga entre os titulares, Jonas ressaltou a conquista da vice-liderança na reta final do Brasileirão

A vitória sobre o Internacional, por 1 a 0, na rodada do final de semana do Campeonato Brasileiro 2013, deixou o Atlético-PR na segunda colocação da competição e consolidou de vez a equipe na luta por uma vaga na Libertadores da América. O lateral Jonas, que agora tem a sombra de Léo na briga pela posição, destaca que faltando seis rodadas, o sonho está cada vez mais próximo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Estamos em um momento importante do clube, com a equipe bem em duas competições e podendo voltar à Libertadores", avaliou o jogador atleticano que, no caso do Brasileirão, vê o time no melhor lugar possível, atrás apenas do líder Cruzeiro, na busca por uma vaga direta. "Assumir a vice-liderança nessa reta final é importante para a reta final da temporada", emendou.

Confira classificação, notícias, tabela de jogos e artilharia do Brasileiro

Mas para essa quarta, diante do Grêmio, a chave vira o foca é a Copa do Brasil. Jonas lembra que o time tem a vantagem do empate para tentar chegar a uma final inédita, mas terá um adversário forte e uma torcida contra em Porto Alegre. "Sabemos da nossa vantagem, mas temos que colocar em prática o nosso futebol para não sermos surpreendidos. O Grêmio tem um time muito forte, tanto que está bem nos dois campeonatos também. Temos que tomar todos os cuidados para sair de lá com a vaga", concluiu.

Mais uma vitória nos tribunais - Depois de recuperar três mandos de campo na reta final do Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro conseguiu mais uma vitória no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Julgado por incidentes ocorridos na partida contra o Goiás, no Estádio Serra Dourada, no dia 20 de outubro, o clube foi absolvido pelo arremesso de uma pedra que partiu de sua torcida e, com isso, não perderá mais nenhum mando.

Leia tudo sobre: Atlético-PRJonasbrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas