'O São Paulo fez um mal ao futebol brasileiro', diz Andrés sobre ingressos

Por Pedro Taveira -iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-presidente do Corinthians falou que decisão do clube do Morumbi em baixar preço de entradas desvaloriza o espetáculo

SERGIO BARZAGHI / Gazeta Press
Andrés disse que o São Paulo fez um mal ao futebol brasileiro

Ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez afirmou nesta terça-feira que o São Paulo fez um mal ao futebol brasileiro quando decidiu baixar os preços dos ingressos de seus jogos no Brasileirão. Na visão do dirigente, um dos participantes do fórum Business FC, o clube do Morumbi ajuda a desvalorizar o espetáculo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

“Baixar o preço é péssimo! O São Paulo fez um mal ao futebol brasileiro como um todo. É péssimo colocar o espetáculo do futebol a R$ 5, R$ 10. Mas cada um faz o que quer”, afirmou Sanchez.

Confira classificação, notícias, tabela de jogos e artilharia do Brasileirão

O São Paulo reduziu os preços dos ingressos de suas partidas no Morumbi quando estava na zona de rebaixamento do Brasileirão. Desde então, viu sua média de público sair de terceira pior para a segunda melhor do campeonato. E o clube afirma que sua arrecadação interna aumentou com o aumento de torcedores.

Veja fotos de jogadores que atuaram por São Paulo e Corinthians:

Alexandre Pato será mais um jogador a vestir a camisa de São Paulo e Corinthians na história. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansJadson também. Ele saiu do São Paulo e vai para o Corinthians. Foto: Site oficial do São PauloAmoroso foi campeão mundial pelo São Paulo, mas não teve boa passagem pelo Corinthians. Foto: Gazeta PressJorge Wagner foi campeão por Corinthians e São Paulo. Foto: Gazeta PressAdriano saiu em alta do São Paulo e não foi tão bem assim no Corinthians, onde jogou pouco. Foto: Carlos Moraes/Ag. O DiaGustavo Nery não deixou muita saudade nos dois clubes. Foto: Gazeta PressLateral direito Vitor teve grandes atuações e marcou seu nome por Corinthians e São Paulo. Foto: Arquivo pessoalHugo teve boa passagem por São Paulo e Corinthians, apesar de ser bastante contestado. Foto: Gazeta PressAtacante Leandro conseguiu ser campeão e jogar bem nos dois clubes. Foto: Gazeta PressZagueiro Anderson foi bem no Corinthians e não repetiu o sucesso no rival do Morumbi. Foto: VipcommAndré Luiz teve boa passagem por Corinthians e São Paulo. Foto: DivulgaçãoAtacante Guilherme foi revelado no São Paulo, jogou pouco no time principal e depois fez bons jogos pelo Corinthians. Foto: Reprodução/Diário do AçoCésar Sampaio atuou pouco nos dois times, sem grande sucesso. Foto: Francisco De LaurentiisChristian, atacante, que não foi bem em nenhum dos dois times. Foto: DivulgaçãoCarlos Alberto foi melhor no Corinthians do que no São Paulo. Foto: Getty ImagesAntônio Carlos teve melhor desempenho com a camisa do São Paulo do que a do Corinthians. Foto: Site oficial do São CaetanoPouca gente lembra, mas Neto também já atuou no São Paulo. Mas, claro, sem o mesmo sucesso que teve no Corinthian. Foto: ArquivoEmerson Sheik começou a carreira no São Paulo, jogou poucos jogos no clube tricolor e brilhou no Corinthians anos depois. Foto: Gazeta PressFábio Santos também começou no São Paulo e se deu melhor no Corinthians. Foto: Gazeta PressDanilo conseguiu ser campeão da Libertadores e do Mundial pelos dois times. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansFabrício jogou no começo da carreira pelo Corinthians e atualmente está no São Paulo. Foto: VipcommCasagrande jogou nos rivais, com mais destaque no Corinthians. Foto: AERivaldo teve ótima passagem pelo Corinthians na década de 90 e jogou no São Paulo em 2011. Foto: VipcommLuizão brilhou e deixou saudade pelos dois clubes. Foto: Gazeta PressMeio-campista Souza. Foto: DivulgaçãoRicardinho mandou muito bem no Corinthians e colecionou críticas no São Paulo. Foto: Futura PressMulticampeão pelo São Paulo, Müller teve uma passagem apagada pelo Corinthians. Foto: Gazeta Press


“Eles falam lá que ganham mais dinheiro com isso (com maior público), mas vender 300 caixas de refrigerante não paga salário de jogador de R$ 300 mil, R$ 400 mil. Vocês acreditaram nisso? É brincadeira”, ironizou Sanchez.

Diretor da OAS Arenas, responsável pela administração da Arena Fonte Nova, Carlos Eduardo Paes Barreto concordou a respeito da posição de Sanchez.

"Quando se paga pouco, você tende a não valorizar o que está usando", disse Barreto, lembrando a briga de torcedores são-paulinos com a Polícia Militar no clássico entre São Paulo e Corinthians.

“Essa eu vi pela televisão”, brincou Andrés.

Leia tudo sobre: são pauloandres sanchez

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas