Ministério do Esporte cria projeto para zerar dívida dos clubes brasileiros

Por Pedro Taveira - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com o secretário Antônio Nascimento, em no máximo 15 dias o Governo Federal irá receber a proposta para sanar débito estimado em R$ 4 bilhões em até 20 anos

Léo Pinheiro/Futura Press
Antonio Nascimento, Secretário Nacional do Futebol do Ministério dos Esportes

O Ministério do Esporte está finalizando um projeto que visa sanar as dívidas dos clubes brasileiros em um prazo de até 20 anos. De acordo com o secretário Antônio Nascimento, em no máximo 15 dias o Governo Federal irá receber a proposta para zerar o débito estimado em R$ 4 bilhões.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Está prevista também no projeto de lei uma sanção aos clubes que não cumprirem seus pagamentos. Uma das possíveis punições seria a exclusão dos times de torneios oficiais, em acordo com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), as federações estaduais e o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

“Acredito que será um marco zero para dar musculatura aos clubes”, falou Nascimento no fórum Business FC, que tratou das gestões dos times de futebol no Brasil. “Um clube com dívida de R$ 200 milhões pagaria R$ 10 milhões por ano em 240 meses”, explicou o secretário do Ministério.

Nascimento disse ainda que as equipes com dívida relativamente baixa serão automaticamente beneficiados por um fôlego maior no orçamento. O secretário pediu credibilidade aos dirigentes e disse ver um novo momento no futebol brasileiro.

Também presente no evento, o deputado federal Vicente Cândido (PT), relator do programa de refinanciamento de dívidas dos clubes, defendeu que seja incluído no projeto a questão da troca de dívidas por formação de jogadores.

Leia tudo sobre: BrasileirãoCBFAntonio Nascimento

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas