CBF ‘volta atrás’ e confirma Paysandu x Oeste no Estádio da Curuzu

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Local havia sido vetado pela entidade mesmo sem qualquer proibição por parte do STJD

Acabou a novela. Após muita polêmica e indefinição, ficou definido que o jogo entre Paysandu e Oeste, válido pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, será disputado em Belém, capital do Pará, mas no Estádio da Curuzu, ao invés do Mangueirão. O duelo se mantém no mesmo dia (sábado) e horário (17h20, de Brasília) previamente definidos.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B do Brasileiro

O Curuzu havia sido vetado pela CBF sem qualquer julgamento do STJD, apenas de maneira preventiva, tendo validade de 30 dias. A punição foi decorrente das confusões ocorridas nas arquibancadas do estádio no jogo diante do Avaí, em 18 de outubro.

Na ocasião, torcedores aproveitaram a proximidade do gramado para hostilizar o banco de reservas do Avaí. Encurralados, os jogadores entraram em campo para se proteger, enquanto os fãs passaram a brigar nas arquibancadas.

Duas bombas, além de outros objetos, chegaram a ser arremessadas dentro do gramado, mas ninguém se feriu. A polícia precisou ser acionada para conter a violência, e a partida foi encerrada aos 37 minutos do segundo tempo após o árbitro constatar que não havia segurança no gramado.

Nesta terça-feira, porém, a entidade confirmou que o estádio já está liberado para uso. "O Virgílio Elísio (diretor de competições da CBF) me ligou agora pela manhã e comunicou que o jogo será na Curuzu. Nosso estádio estava suspenso preventivamente, mas não temos punição do STJD. A CBF só fez o mais sensato e não prejudicou nenhum clube", declarou o presidente do Paysandu, Vandick Lima.

Leia tudo sobre: Paysanduoesteserie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas