André Santos rechaça euforia por vantagem e fala em 'jogo da vida'

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Depois de ter vencido o primeiro jogo fora de casa por 2 a 1, time carioca está a um passo de despachar o Goiás e chegar à decisão da Copa do Brasil

Rodrigo Villalba/Futurapress
André Santos em ação pelo Flamengo

Aos 30 anos, André Santos tem experiência suficiente para não criar euforias depois de abrir boa vantagem em um confronto decisivo. De volta ao time do Flamengo nesta quarta-feira, diante do Goiás, pela volta das semifinais da Copa do Brasil, o lateral esquerdo rechaçou qualquer tipo de comemoração antecipada e se disse tranquilo para o duelo que pode colocar resultar na ida à final do segundo torneio mais importante do futebol brasileiro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"A preparação está ótima, de forma tranquila, sem muita euforia, isso deixamos para o torcedor. Nós estamos concentrados e preparados para atingir mais um objetivo, que é chegar na final da Copa do Brasil. Nós jogadores estamos preparados. Sabemos o quanto foi difícil e está sendo difícil o ano para o Flamengo. Se cada um pensar dessa forma, vai ser o jogo da nossa vida, mais uma vez", afirmou o jogador, campeão da Copa do Brasil com o Corinthians em 2009 - na ocasião, ele até marcou um gol na decisão com o Internacional.

Confira tabela de jogos, artilharia e notícias da Copa do Brasil

Sobre o confronto diante de Goiás, em si, André rasgou elogios ao Esmeraldino e negou que o time rubro-negro esteja próximo da decisão. Mesmo após abrir boa vantagem com a vitória por 2 a 1 no jogo de ida, no Serra Dourada. "Vai ser um grande jogo porque a equipe do Goiás é muito boa, está fazendo uma excelente Copa do Brasil, um excelente Brasileiro. Temos que estar precavidos para fazer um excelente jogo. Não podemos nos apegar a esses detalhes, nós temos que respeitar a equipe do Goiás", acrescentou, em entrevista à Rádio Brasil.

Além de André Santos, o Flamengo contará com as voltas de Léo Moura, Elias, Paulinho e Chicão, que não participaram da vitória por 1 a 0 no clássico com o Fluminense, no último fim de semana. Por outro lado, o Goiás não terá o meia Hugo, suspenso, e o artilheiro Walter, machucado. "São excelentes jogadores, que ali na frente incomodam. Tem a volta do Amaral (volante), que não jogou a primeira partida. Claro que é um ponto a menos (os desfalques), eles são bons jogadores e para a gente é importante. Mas independentemente disso os jogadores vêm aqui para representar o Goiás e vão querer nos vencer para chegar na final", ressaltou André.

Flamengo e Goiás medem forças nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Maracanã, pelo jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. São esperados mais de 60 mil torcedores no tradicional estádio carioca, que deve ver o time rubro-negro entrar em campo com: Paulo Victor; Léo Moura, Wallace, Chicão e André Santos; Amaral, Luiz Antonio, Elias e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: FlamengoCopa do Brasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas