Priorizando o G4, Grêmio 'esquece' Copa do Brasil para encarar o Bahia

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Apesar de estar em desvantagem contra o Atlético-PR na semifinal do torneio eliminatório, Renato Gaúcho não poupa o time no Brasileirão

Priorizar a Copa do Brasil, competição na qual está na semifinal, ou ir com força máxima também no Campeonato Brasileiro? Eis o dilema que vive o Grêmio nesta semana decisiva. Neste domingo, o time tem compromisso importante pelo Brasileirão, na Arena, diante do Bahia, às 17 horas (de Brasília). Em jogo, a tranquilidade na luta dentro do G4, diante de uma equipe ainda ameaçada pelo fantasma do rebaixamento.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Ao menos no discurso, o Grêmio tenta esquecer a Copa do Brasil até o jogo deste final de semana. Após a derrota por 1 a 0 para o Atlético-PR, na partida de ida da semifinal, o presidente Fábio Koff garantiu que o time terá seu foco voltado para o Bahia neste fim de semana: "o Grêmio, na pior das hipóteses, pensa na Libertadores. Por isso, não dá para desfocarmos do jogo de domingo, que tem importância. Precisamos recuperar os pontos que perdemos no caminho".

Divulgação
Elenco do Grêmio se divertiu no último treino antes do jogo contra o Bahia

A necessidade de vitória aumentou devido à péssima atuação da equipe gaúcha na semana passada, quando levou 4 a 0 do Coritiba no Couto Pereira. Naquele jogo, o Tricolor tomou um gol com 15 segundos de jogo, prova de que entrou disperso em campo. O resultado diminuiu a distância do Grêmio para a saída do G-4 para apenas quatro pontos. Como o próximo jogo é contra o Cruzeiro, fora de casa, um resultado positivo contra o Bahia é importante.

O atacante Kleber, que não atuaria devido a uma suspensão, recebeu efeito suspensivo por parte do STJD e vai para o jogo. Renato, assim, poderá escalar o time novamente no 4-3-3 - Bressan é o mais cotado para deixar a equipe. Pará, expulso contra o Coritiba, não atua, dando lugar a Moisés.

Quem é o favorito para o duelo de "tricolores" em Porto Alegre? Deixe seu comentário

Se para o Grêmio dar um tempo na Copa do Brasil e focar o Brasileirão é importante, para o Bahia o jogo deste domingo é questão de sobrevivência. Sem vencer há quatro rodadas, o time da Boa Terra viu sua distância para o Z-4 diminuir para apenas quatro pontos. Após o empate em 1 a 1 com o Atlético-PR no último domingo, o técnico Cristóvão Borges recebeu muitas vaias, e passa por seu momento mais delicado desde que assumiu o comando do time.

Para piorar a situação, o time tem desfalques para jogar em Porto Alegre. Marquinhos e Wallyson, lesionados, não devem nem viajar para o sul do país. Já o volante Hélder, expulso no duelo com o Furacão, é desfalque certo. Fahel e Obina têm boas chances de começar a partida na Arena. O lateral Jussandro está liberado para voltar ao time.

A surpresa pode ser a escalação do centroavante Souza no lugar de Marquinhos, atuando como meia. Cristóvão admite que existe esta possibilidade: "A nossa procura tem sido encontrar jogadores com características de armação, que possam dar um passe mais qualificado. Talisca e Hélder fazem isso, e eu tenho testado essa alternativa também com Souza, que sabe sair da área e tem um bom passe. Procuramos encontrar soluções com o que temos", explicou o técnico.

Vencer o Grêmio em Porto Alegre é uma necessidade para a equipe baiana, mas a tarefa não será fácil: nunca o Bahia conseguiu derrotar o Tricolor Gaúcho fora de casa em competições oficiais. Em 14 jogos, foram 8 vitórias do Grêmio e 6 empates. A última vez que a equipe não perdeu no Rio Grande do Sul foi pelo Brasileiro de 2003, quando ambos empataram em 1 a 1, no Olímpico.

FICHA TÉCNICA -  GRÊMIO X BAHIA

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 3 de novembro de 2013, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)
Assistentes: Nadine Bastos (SC) e Marrubson Melo Freitas (DF)

GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Rhodolfo e Alex Telles; Souza, Ramiro e Riveros; Kleber, Vargas e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho

BAHIA: Marcelo Lomba, Fabrício Lusa, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro; Feijão, Rafael Miranda, Fahel e Souza; William Barbio e Obina
Técnico: Cristóvão Borges

Leia tudo sobre: grêmiobahiarenato gaúchojussandrobrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas