Botafogo visita o Goiás em confronto direto pela Libertadores

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Apenas quatro pontos separam na tabela de classificação o clube carioca, vice-líder do Brasileirão, e os goianos, que estão em quinto

Vitor Silva/SSPress
Botafogo vem de vitória sobre o Atlético-MG na última rodada do Brasileirão

O Botafogo visita o Goiás neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Serra Dourada, em uma verdadeiro confronto direto pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes são concorrentes diretas na luta por uma vaga na próxima Libertadores.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O clube carioca é o vice-líder, com 53 pontos, e ganhou novo fôlego com o triunfo de 1 a 0 sobre o Atlético-MG. Já os goianos, que no meio de semana perderam por 2 a 1 para o Flamengo pelo confronto de ida das semifinais da Copa do Brasil, estão em quinto, com 49 pontos. Se ganharem, podem entrar no G4.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Por isso, as duas equipes estão tratando a partida deste domingo como uma decisão. "Se nós ganharmos do Goiás, vamos abrir uma distância muito grande para o quinto colocado e ficaremos em uma situação muito boa em termos de G4. Depois, tentaríamos uma sequência positiva para acabarmos na melhor situação possível. Portanto, um bom resultado contra o Goiás é muito importante para esta nossa reta final de Campeonato Brasileiro e espero que o Botafogo esteja em um bom dia para conseguir esse objetivo", pediu Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo.

Os jogadores do Botafogo também estão se preparando para um jogo decisivo. Na visão deles o duelo deste domingo será equilibrado, com poucas oportunidades de gol. Daí a necessidade de se aproveitar as chances que aparecerem.

"Trata-se de um jogo em que vamos ter poucas oportunidades para decidir e com certeza temos que aproveitar. O Goiás é um time eficiente e atravessa um grande momento. Jogando em casa vai crescer bastante e tentar ter o controle das ações. Portanto, quando as chances de gol aparecerem, vamos ter que aproveitar para construirmos a vitória", receitou o lateral-esquerdo Júlio César, autor do gol da vitória sobre o Atlético-MG.

O Goiás também encara a partida deste domingo como decisiva, tanto que o técnico Enderson Moreira não quer ver seus jogadores pensando no jogo da volta contra o Flamengo.

"Vamos para uma decisão contra o Botafogo e, portanto, temos que estar focados apenas nesta partida. Não podemos ficar pensando no Flamengo, senão vamos perder para o Botafogo. Precisamos buscar essa vaga na Libertadores e o momento é de encurtar a distância para os primeiros colocados", disse Enderson.

Mostrando que está priorizando o jogo contra o Botafogo, o treinador do Goiás não vai preservar seus titulares. O time só não será o mesmo que enfrentou o Flamengo no meio de semana caso a estrela da companhia, Walter, consiga se recuperar de uma lesão muscular na parte posterior da coxa direita. Caso ele seja vetado, Júnior Viçosa permanece no setor.

Pelo lado do Botafogo, a principal novidade é a volta do atacante Elias, recuperado de lesão na coxa direita. O jogador não atua desde 9 de outubro, quando participou da vitória de 3 a 1 sobre o Náutico e é visto como fundamental no esquema de Oswaldo de Oliveira. Com ele, Alex vai para o banco de reservas e Rafael Marques jogará mais recuado, como meia. O meia uruguaio Lodeiro segue como opção no banco de reservas. Já o zagueiro Dória vai cumprir suspensão por acúmulo de cartões amarelos e cederá seu posto para André Bahia.

Por sinal, André Bahia foi o personagem do jogo entre essas duas equipes no primeiro turno. Naquela ocasião, no Mané Garrincha, em Brasília, ele marcou o gol contra que decretou o empate por 1 a 1. Naquela ocasião, Rafael Marques havia aberto o placar.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X BOTAFOGO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 3 de novembro de 2013, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Assistentes: Márcia Bezerra Caetano (RO) e Clóvis da Silva (PE)

GOIÁS: Renan; Vítor, Ernando, Rodrigo e William Matheus; Thiago Mendes, David, Hugo, Eduardo Sasha e Roni; Júnior Viçosa (Walter)
Técnico: Enderson Moreira

BOTAFOGO: Jéfferson; Edílson, André Bahia, Bolívar e Júlio César; Marcelo Mattos, Gabriel, Gegê, Seedorf e Rafael Marques; Elias
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Leia tudo sobre: GoiásBotafogoBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas