Tite recorda campanha de 2012 para almejar arrancada do Corinthians

Por iG São Paulo * | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Treinador lembra que no ano passado, clube tinha 43 pontos na mesma 31ª rodada de 2013, contra os 41 pontos atuais

Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Tite acha que é possível que o Corinthians repita o desempenho de 2012 na reta final deste Brasileiro

O Corinthians aproveitou as rodadas finais do Campeonato Brasileiro de 2012 como preparação para a conquista do Mundial de Clubes. O atual momento é bem diferente para a equipe, mas o técnico Tite se lembra da pontuação do ano passado para almejar uma arrancada de seu time neste Nacional.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Nosso objetivo em curto prazo é zona de segurança. No ano passado, estávamos com 43 pontos nesta rodada e terminamos na sexta colocação. Hoje, estamos com 41. O campeonato está muito achatado e os resultados deste fim de semana podem abrir uma perspectiva ou não", afirmou.

Na 31ª rodada do Brasileirão de 2012, o Corinthians aparecia na nona colocação. Agora, o clube dirigido por Tite aparece em 12º, com 41. Depois de uma semana livre de trabalhos, o comandante tem esperança de conquistar o resultado positivo diante do Vitória, neste domingo, no Barradão."Ganhamos a semana para recuperar alguns jogadores e intensificar os treinos específicos. Recarregamos o tanque de reserva, porque estávamos sem um período para trabalhar há 12 ou 13 semanas", comentou.

Veja ainda: Tite revela excessos e bronca a Romarinho no passado, mas não agora

Com parte de seu elenco recebendo críticas da torcida, Tite quer exibir algo diferente nesta reta final. "O que mexe com a gente é a possibilidade real de, em sete jogos, reconduzir o trabalho, reestruturar e consolidar", completou.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O Corinthians ainda precisa se distanciar da parte de baixo da classificação, para atingir a "zona de conforto" tão almejada pelo treinador. Além disso, o grupo ainda tem uma pequena expectativa de atingir a zona de classificação para a Libertadores, apegando-se à possibilidade de o G-4 se tornar G-5 ou G-6, eventualmente com as presenças do Atlético-MG (campeão do torneio continental) ou do futuro ganhador da Copa do Brasil.

* Com Gazeta Esportiva

Leia tudo sobre: corinthianstiteBrasileirãoigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas