Oeste decide no segundo tempo e se afasta da zona de rebaixamento

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Time de Itápolis venceu o Bragantino pela Série B em duelo de equipes paulistas ameaçadas de cair para a terceira divisão

No duelo entre paulista ameaçados pelo rebaixamento da noite deste sábado, melhor para o Oeste. Com dois gols no início do segundo tempo, o time de Itápolis bateu o Bragantino por 2 a 0 e se afastou da zona da degola na Série B do Campeonato Brasileiro.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Após um primeiro tempo de poucas chances, o Rubrão suportou pressão inicial dos visitantes na segunda etapa e abriu o placar com Lelê. Eric, de falta, marcou o segundo.

Com o resultado, o Oeste chega aos 42 pontos, ultrapassa o Bragantino e mais dois rivais na tabela de classificação e chega ao 12º lugar. Enquanto isso, o Massa Bruta estaciona nos 39 e cai duas posições. Em 15º, o time está quatro acima do Atlético-GO, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

O jogo

Ciente de que um empate fora de casa não seria um resultado ruim, o Bragantino priorizou a marcação durante todo o primeiro tempo. Jogando por uma bola, o time truncou a partida no meio campo e, além de pouco produzir, conseguiu neutralizar o adversário.

O Oeste, que começou bem e chegou a assustar nos minutos iniciais, em duas cobranças de escanteio de Piauí que quase surpreenderam Leandro Santos, só foi voltar a chegar com perigo em duas outras oportunidades.

Primeiro aos 27, quando César Gaúcho arriscou de longe e o goleiro do Braga se esticou para fazer a defesa. Depois, no último minuto, quando chute de Nenê também parou nas mãos de Leandro Santos.

A etapa final, no entanto, foi diferente. Mais agressivo, o Bragantino teve duas boas chances de abrir o placar logo nos minutos iniciais. Primeiro, o zagueiro Guilherme recebeu em posição legal e, livre, isolou a bola pela linha de fundo. Em seguida, aos nove, Léo Aro apareceu cara a cara com Fernando Leal e chutou em cima do goleiro, que fez outra boa defesa no rebote.

O castigo veio no minuto seguinte. Com liberdade, Bruno Batata recebeu passe de Marcos Paraná na linha de fundo e tocou para Lelê chegar batendo cruzado e abrir o placar em Itápolis. O gol animou os donos da casa. Sete minutos depois, Eric cobrou falta com perfeição e marcou o segundo.

A desvantagem assustou o Bragantino. Nervoso, o Massa Bruta não conseguiu criar oportunidades para reagir na partida. A expulsão do volante Francesco, aos 24, acabou com qualquer chance do time na partida. Tranquilo, o Oeste apenas administrou o placar até o apito final.

FICHA TÉCNICA -  OESTE 2 X 0 BRAGANTINO

Local: Estádio dos Amaros em Itápolis-SP
Data: 2 de Novembro de 2013, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado (SP)
Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Márcio Luiz Augusto (SP)
Cartões Amarelos: João Denoni e Marcos Paraná (Oeste); Guilherme Máttis e Francesco (Bragantino)
Cartão Vermelho: Francesco (Bragantino)

GOLS: Lelê, aos 10, e Eric, aos 17 do segundo tempo

OESTE: Fernando Leal; Eric, Dezinho, Ligger e Piauí; Adriano Alves, César Gaúcho (Paulo Victor), João Denoni (Memo) e Marcos Paraná (Pablo); Lelê e Bruno Batata
Técnico: Luís Carlos Martins

BRAGANTINO: Leandro Santos; Robertinho, Guilherme Máttis, Raphael Andrade (Carlinhos) e Alex Barros; Francesco, Preto (Cesinha), Dudu (Serginho), Bruninho e Gustavo; Cesinha e Lincom
Técnico: Marcelo Veiga

Leia tudo sobre: Série BOesteBragantino

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas