Com dois gols de Edmílson, Vasco vence Coritiba em Macaé na estreia de Adílson

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Vitória por 2 a 1 faz o time carioca chegar aos 36 pontos, mas não o tira da zona de rebaixamento do Brasileirão

Celso Avila/Futura Press
Edmílson comemora um dos seus dois gols na vitória do Vasco sobre o Coritiba

Na estreia de Adílson Batista, o Vasco conquistou uma importante vitória na briga contra o rebaixamento. Neste sábado, o time carioca contou com dois gols de Edmílson para bater o Coritiba em Macaé por 2 a 1.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão

Apesar do resultado, o Vasco segue na zona de rebaixamento. Agora, com 36 pontos. Já o Coritiba permanece estacionado nos 40 pontos e não conseguem se livrar de vez do risco de queda para a segunda divisão.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No primeiro tempo, o Vasco procurou mais o ataque até conseguiu o gol, com Edmílson, aproveitando falta cobrada na área. Depois disso, o Coritiba se tornou mais ofensivo, mas viu os donos da casa ampliarem no segundo, novamente com Edmílson. No entanto, os paraenses diminuíram na parte final com Luccas Claro, mas não foi o suficiente para sair com pontos de Macaé.

Na próxima rodada, o Vasco vai encarar o Santos, no próximo domingo, no Maracanã. Já o Coritiba, vai até a capital paulista para enfrentar a Portuguesa, no sábado.

O jogo 

O Vasco começou a partida com muita disposição, tentando pressionar o Coritiba. No entanto, os visitantes se fechavam e impediam a criação de boas jogadas dos cruzmaltinos. A primeira boa chance dos donos da casa aconteceu aos 16 minutos. Após cruzamento pela direita, Edmílson cabeceou a direita do gol de Vanderlei. A notícia ruim para os cariocas aconteceu logo depois, quando Juninho Pernambucano sentiu um problema na virilha e acabou substituído.

Celso Avila/Futura Press
Pedro Ken protege a bola da marcação de Robinho em ataque do Vasco

O Coritiba buscava avançar nos contra-ataques, mas pecava quando chegava próximo ao gol de Alessandro. O Vasco não conseguia criar bons lances, principalmente por conta dos muitos erros de passe, mas abriu o placar aos 26 minutos, em jogada de bola parada. Marlone cobrou falta na área e Edmílson apareceu livre para cabecear sem chance para Vanderlei.

Depois do revés, os visitantes tiveram que adotar uma postura mais ofensiva, mas seguiam com problemas no setor ofensivo. O Vasco passou a buscar os contra-ataques, só que também pecavam nos passes. Somente aos 45 minutos, o Coritiba conseguiu finalizar pela primeira vez na partida. Julio Cesar cobrou falta, a bola raspou na barreira e obrigou Alessandro a fazer grande defesa para deixar os cariocas em vantagem no intervalo.

No segundo tempo, o panorama da partida seguiu o mesmo, com o Coritiba mais avançado em busca do empate e o Vasco tentando encaixar um contra-ataque para aumentar a vantagem no placar. Os visitantes criaram a primeira chance na tapa final aos 14 minutos. Vitor Júnior foi lançado direita, mas viu Alessandro sair e fechar o ângulo em seu chute para salvar os cruzmaltinos.

A resposta do Vasco veio no minuto seguinte. Fagner recebeu na área, pela direita e chutou cruzado. Vanderlei deu rebote, mas Pedro Ken cabeceou fraco para o gol, facilitando a defesa do goleiro paranaense.

Aos poucos, os cruzmaltinos conseguiram equilibrar a partida e chegaram ao segundo gol aos 27 minutos. Marlone fez grande jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Edmílson. O atacante se antecipou a Vanderlei e deu um leve toque para a rede.

O segundo gol desanimou o Coritiba, que passou a ver o Vasco atacar mais intensidade. Tanto que aos 33 minutos, Yotún chegou pela esquerda e cruzou para Pedro Ken. O meia chegou atrasado e finalizou para fora. Quando parecia que os visitantes estavam batidos, a equipe paraneense chegou ao gol, aos 36. Após cobrança da falta na área, Luccas Claro apareceu para cabecear sem chance para Alessandro.

Nos minutos finais, os paraenses se lançaram ao ataque em busca do empate. O Vasco recuou e se defendeu de todas as formas até o apito final para conquistar os três pontos em Macaé.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 1 CORITIBA

Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)
Data: 2 de novembro de 2013 (Sábado)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Cleriston Rios (SE) e Fabiano Ramires (ES)
Cartões amarelos: Edmílson, Wendel, Renato Silva e Abuda (Vasco); Leandro Almeida, Carlinhos e Gil (Coritiba)

GOLS
VASCO: Edmílson, aos 26min do primeiro tempo e 27min do segundo tempo
CORITIBA: Luccas Claro, aos 36min do segundo tempo

VASCO: Alessandro, Fagner (Reginaldo), Jomar, Cris e Yotún; Wendel, Pedro Ken, Juninho Pernambucano (Abuda) e Francismar (Renato Silva); Marlone e Edmilson
Técnico: Adilson Batista

CORITIBA: Vanderlei; Gil, Leandro Almeida, Luccas Claro e Carlinhos; Júnior Urso (Lincoln), Willian, Robinho e Alex (Deivid); Geraldo (Vitor Júnior) e Julio César
Técnico: Péricles Chamusca

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: VascoCoritibaBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas