Após fazer três gols, Real Madrid leva susto, mas supera o lanterna Rayo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe venceu por 3 a 2 com gols de Cristiano Ronaldo, duas vezes, e Benzema

Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Cristiano Ronaldo comemora gol feito na vitória do Real Madrid

O Real Madrid ensaiou uma goleada, mas teve de contar com a trave para vencer o Rayo Vallecano. Depois de abrir grande vantagem no estádio de Vallecas, a equipe sofreu para triunfar por 3 a 2 e manter em seis pontos a distância para o Barcelona, líder do Campeonato Espanhol.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

A suada vitória deixou os comandados de Carlo Ancelotti na terceira colocação, com 28 pontos - o Atlético de Madrid, com 30, ainda vai jogar no domingo. Já o Rayo Vallecano, menos badalado entre os times de Madri, segue na lanterna da competição, com nove pontos.

Confira a tabela de classificação do Campeonato Espanhol

A partida começou de acordo com o roteiro. Aos três minutos, o placar já apontava vantagem do Real, com boa jogada de Cristiano Ronaldo aproveitando passe de Modric. Ainda no primeiro tempo, aos 31, Alonso roubou a bola, e Bale cruzou para Benzema ampliar a vantagem.

Diego Costa marcou mais um na vitória do Atlético de Madri sobre o Athletic Bilbao no Campeonato Espanhol. Foto: ReutersDiego Costa comemora gol diante do Athletic Bilbao. Foto: Francisco Seco/APAaron Hunt e Eljero Elia comemoram a vitória do Weder Bremen contra o Hannover  por 3 a 2 . Foto: Martin Rose/Getty ImagesJogadores de Tottenham e Everton disputam a bola pelo alto. Foto: Tony Marshall/Getty ImagesPaulinho tenta o desarme pelo Tottenham contra o Everton. Foto: Tony Marshall/Getty ImagesYuto Nagatomo e Andrea Ranocchia comemoram o gol da Iter de Milão
. Foto: Dino Panato/Getty ImagesKaká em campo pelo Milan na derrota para a Fiorentina. Foto: Antonio Calanni/APJogadores da Fiorentina comemoram gol sobre o Milan. Foto: Antonio Calanni/APColombiano Dorlan Pabón comemora gol da vitória do Valencia por 1 a 0 contra o Getafe. Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty ImagesAaron Ramsey comemora a vitória por 2 a 0 do Arsenal contra o Liverpool. Foto: Laurence Griffiths/Getty ImagesRosicky, do Arsenal, divide a bola com Martin Skrtel, do Liverpool. Foto: Getty ImagesCristiano Ronaldo comemora gol feito na vitória do Real Madrid. Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty ImagesJordan Ayew marcou o gol da Olympique com Rennes. Foto: DivulgaçãoOtamendi conduz ataque do Porto. Foto: Armando Franca/APPaul Pogba comemora gol na vitória da Juventus por 1 a 0. Foto: Marco Luzzani/Getty ImagesDavid Silva toca para marcar gol do Manchster City sobre o Norwich. Foto: Jon Super/APSergio Agüero comemora um dos sete gols do Manchester City sobre o Norwich. Foto: APYoan Gouffran comemora o gol do Newcastle contra o Chelsea na vitória por 2 a 0, na tarde deste sábado, pelo Campeonato Inglês. Foto: Shaun Botterill/Getty ImagesFernando Torres, do Chelsea, divide a bola com Yoan Gouffran, do Newcastle. Foto: Scott Heppell/APJohn Terry não esconde frustração na saída de campo com a derrota do Chelsea para o Newcastle. Foto: Scott Heppell/APRooney pressiona saída de bola de Scott Parker durante jogo entre Manchester United e Fulham. Foto: Lefteris Pitarakis/APJogadores do Manchester United comemoram gol na vitória sobre o Fulham. Foto: Lefteris Pitarakis/APAdam Szalai toca de cabeça para marcar gol do Schalke. Foto: Michael Sohn/APAdam Szalai é festejado após marcar gol na vitória do Schalke sobre o Hertha Berlim. Foto: Michael Sohn/APKiessling, do Leverkusen, disputa a bola com goleiro do Eintracht Braunschweig . Foto: APThomas Müller completa cruzamento e marca gol do Bayern de Munique. Foto: APSchweinsteiger tenta cruzamento em jogo do Bayern. Foto: AP

Cristiano Ronaldo voltou a marcar no início da etapa final, aos quatro minutos, empurrando para o gol vazio após nova jogada de Bale, antes que começasse a reação do Rayo. Pepe e Marcelo cometeram um pênalti atrás do outro, e as cobranças foram convertidas por Jonathan Viera, aos oito e aos dez minutos.

O Rayo se animou com a súbita reação e partiu ao ataque em busca do empate. Ele esteve muito perto aos 21 minutos, quando Bueno acertou um chute forte de pé direito. Diego López tocou na bola e ainda contou com a trave. Bueno quase marcou em outro chute, mas o Real conseguiu evitar o tropeço no lanterna.

Leia tudo sobre: Rayo VallecanoReal MadridEspanhaFutebol Mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas