Mancha promete processar Valdivia e avisa: 'Até um próximo encontro'

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogador chileno afirmou que membros da torcida organizada do Palmeiras tinham direito de vaiá-lo porque 'agora pagam ingresso'

Marcello Zambrana/Gazeta Press
Valdivia, meia do Palmeiras

A principal organizada do Palmeiras resolveu ir além dos já costumeiros xingamentos contra Valdivia. Após o chileno dizer que seus membros tinham direito de vaiá-lo porque "agora pagam ingresso", a Mancha Alviverde avisou que vai processar o jogador por calúnia, além de publicar em seu site oficial uma nota com recados ao meia.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não esqueceremos suas palavras... Até um próximo encontro!" É assim que se encerra a mensagem da uniformizada, que se recusa a dar ao atleta mais caro do elenco o adjetivo de "bom jogador", lembrando seus desfalques nos jogos mais importantes do clube na temporada. "Mau caráter, tentando plantar o ódio entre os palmeirenses...", acusou o comunicado.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B

"Vamos entrar com uma ação judicial por calúnia contra o jogador Valdivia, pois ele terá que provar a veracidade da declaração dada sobre o não pagamento dos ingressos anteriormente", disse o presidente da organizada, Marcos Ferreira.

A torcida se apoia nas declarações de Paulo Nobre, que disse oferecer ingressos gratuitamente apenas em partidas fora do Brasil. Antes de membros da Mancha atirarem xícaras no elenco em aeroporto de Buenos Aires, em protesto que tinha Valdivia como alvo, a outra "regalia" da uniformizada, como definiu o presidente, era receber um lote de bilhetes para vender dentro de suas sedes.

"Famoso nas noites do Villa Country (casa de shows em São Paulo) e das baladas paulistanas (...) Suas declarações hoje provam sua desmoralização (...) Então, se você quer repetir suas mentiras de dentro de campo fora deles, vá em frente!", afirmou a Mancha em comunicado que até erra o número de jogos do meia no ano - diz que são 22, mas, na verdade, são 24 entre os 62 do time em 2013, sendo só oito deles como titular.

Antes xingado por ser desfalque frequentemente, Valdivia aumentou a ira da Mancha quando antes, do jogo contra o Tigre, apontou seus órgãos genitais para um membro da organizada - o próprio chileno admitiu que fez o gesto para o torcedor chamado de Zeca Urubu. No dia seguinte, os uniformizados queriam abordar o meia em aeroporto de Buenos Aires e atiraram xícaras contra o elenco, e os estilhaços de uma delas cortou a orelha de Fernando Prass.

Confira o comunicado da Mancha Alviverde na íntegra:

"Salve Família,

Mau caráter, tentando plantar o ódio entre os palmeirenses... Valdívia.

Jogador em decadência, que jogou 22 partidas no ano de 2013!

Não esteve presente contra os Gambá no Paulista, contra o Santos nas quartas do Paulista, contra o Libertad e Tijuana na Libertadores e contra o Atlético-PR nas oitavas da Copa do Brasil, ou seja, só nos jogos mais importantes do ano.

E na Argentina fez gestos obscenos (existe imagem) antes do jogo contra o Tigre.

Incerto na seleção de seu país, famoso nas noites do Villa Country e das baladas paulistanas.

Se esconde atrás do Presidente do Palmeiras e na maioria dos Palestrinos saudosos de um bom jogador.

Mas este adjetivo não cabe.

Suas declarações hoje provam sua desmoralização.

Sempre pagamos os nossos ingressos... Antes comprávamos antecipados, hoje compramos nas bilheterias.

O próprio presidente Paulo Nobre disse no dia 7 de março após o episódio do aeroporto de Buenos Aires:

"O que o Palmeiras fazia de bom ao torcedor? Em jogos em São Paulo, vendíamos ingresso. Nos de fora, eu deixei claro a eles que não era função do clube vender os ingressos."

O Paulo Nobre deixou claro que a facilidade era única e exclusiva de vender uma cota antecipada para a MANCHA, e eram pagos!

Então, se você quer repetir suas mentiras de dentro de campo fora deles, vá em frente!

Não esqueceremos suas palavras...

Até um próximo encontro!

Mancha Alviverde"

Leia tudo sobre: palmeirassérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas