Héracles escapa de amputamento, mas segue fora de campo por um ano

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Lateral do Avaí sofreu entrada violenta de Graxa, volante do Bragantino, durante duelo pela Série B

A entrada violenta de Graxa, volante do Bragantino, quase resultou em um dano irreparável em Héracles, jogador do Avaí: o lateral esquerdo correu o risco de ter a perna amputada. Porém, a hipótese foi refutada pelos médicos após a confirmação de que o ligamento colateral lateral do atleta não foi rompido, apenas distendido.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Para dar prosseguimento ao tratamento, Héracles viajará a São Paulo, onde receberá tratamento do médico Renê Abdalla, autoridade em lesões no joelho, que já tratou atletas como Rogério Ceni, Paulo Henrique Ganso e Zé Roberto. Entretanto, a cirurgia ainda não teve sua data marcada, devido ao inchaço da região.

A previsão de retorno do jovem atleta aos gramados é após o período de um ano. Motivo que fez o técnico Hemerson Maria pregar um "pacto pelo acesso" ao lateral esquerdo. Para consolidar o objetivo e a homenagem, o Avaí terá, neste domingo, um clássico regional, diante do Figueirense. A partida, válida pela 33ª rodada da Competição, começará às 17 horas, no estádio da Ressacada. O substituto do jogador neste embate será Aélson.

O Leão ocupa o quarto posto, com 53 pontos, totalizando 15 vitórias, oito empates e nove derrotas na competição. Por sua vez, o Figueirense figura no décimo posto, com sete pontos a menos.

Leia tudo sobre: AvaíSérie B

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas