Segundo reportagem do diário inglês "The Guardian", Brooklyn, de 14 anos, ainda precisará passar por mais alguns testes antes de começar a treinar no clube onde o pai se consagrou

Brooklyn (à frente), filho mais velho de David Beckham, poderá treinar nas categorias de base do Manchester United
Getty Images
Brooklyn (à frente), filho mais velho de David Beckham, poderá treinar nas categorias de base do Manchester United

O sobrenome  "Beckham", um dos mais vencedores da história do Manchester United, pode seguir figurando nas escalações do time de Old Trafford. Isto porque, segundo informações do jornal The Guardian desta sexta-feira, o filho de David, Brooklyn, de 14 anos, realizou testes no clube inglês e tem chances de seguir os mesmos passos do pai, iniciando a sua trajetória no futebol profissional dentro do maior campeão inglês.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

De acordo com o diário, Beckham levou o seu herdeiro mais velho ao centro de treinamentos de Carrington na última quinta-feira, pela primeira vez. Brooklyn participou de algumas atividades, mas ainda precisaria passar por mais testes antes de ter sua chance nas categorias de base do clube confirmada. Ele já tentou a sorte no Los Angeles Galaxy, ex-clube de seu pai, e no Queens Park Rangers, da segunda divisão inglesa.

Veja ainda: Adidas cria chuteira especial para despedida de Beckham

Recentemente, o ex-jogador comentou sobre a possibilidade de Brooklyn se tornar um jogador de futebol no futuro e disse ser um pai muito exigente com o seu filho. "Como pai, você sempre se preocupa e pensa: ‘Eles terão a mesma vontade que eu tive quando criança?’. Sou tão duro com meus filhos quanto meu pai era. Eles sempre me perguntam: ‘Eu joguei bem?’. Eu digo: ‘Você foi bem, mas poderia ter ido melhor’, revelou.

Ainda segundo informações do The Guardian , casas de apostas na Inglaterra já oferecem oportunidades de 12 para 1 caso o filho de David Beckham um dia atue com a camisa da seleção nacional.

* Com Gazeta Esportiva


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.